Juventude vence no fim, escapa do rebaixamento, e Corinthians termina Brasileirão em 5º
Rafaela Cardoso -
Juventude vence no fim, escapa do rebaixamento, e Corinthians termina Brasileirão em 5º


A torcida do Juventude lotou o Alfredo Jaconi para apoiar o time que lutava contra o rebaixamento na última rodada do Campeonato Brasileiro. Diante do Corinthians , os donos da casa venceram por 1 a 0 com gol de Chico, de pênalti no segundo tempo, fez a lição de casa e se manteve na elite, na 16ª posição na tabela. O Timão terminou a competição em quinto lugar.

O Juventude entrou em campo para o tudo ou nada. O time precisava de gols para tentar se livrar do rebaixamento e pressionou o quanto pôde, mas parava na grande atuação do goleiro Cássio. O time mandante começou disposto e teve a primeira boa chance aos 12 minutos, quando Chico cobrou falta e obrigou Cássio a trabalhar.

Capixaba era o principal destaque da equipe. O Corinthians, por sua vez, não conseguia se aproximar da área adversária. Aos 22, a segunda grande chance do primeiro tempo: Rafael Foster acertou a trave corintiana. O Juventude era quem mais se aproximava de uma bola na rede, mas muitas vezes, por pecar no último passe, não tinha sucesso.

No final do primeiro tempo, o Corinthians teve a sua primeira boa chance. Jô recebeu o cruzamento e cabeceou com precisão para acertar o gol, mas o árbitro anulou o gol alegando posição irregular em cima da marcação de Quintero. Os donos da casa, apesar das várias tentativas, não conseguiram tirar o marcador do zero. Foram nove finalizações contra apenas uma do Alvinegro.

Segundo tempo

A etapa complementar começou truncada, sem criatividade de ambos os lados e sonolento. O técnico Sylvinho mexeu aos 14, quando promoveu as entradas de Mantuan e Adson e sacou Jô e Gabriel. O Juventude, o mais interessado na vitória, caiu de rendimento e, até os 20, nenhuma chance relevante.

Aos 21, Paulo Henrique avançou, passou pela marcação e finalizou com perigo para tirar tinta da trave de Cássio. O Juventude acordou, mas novamente Cássio estava lá para fechar a meta. Aos 30, Roberson ficou cara a cara com Cássio na pequena área e bateu para ótima defesa à queima-roupa.

Aos 37, veio o alívio no Alfredo Jaconi. A arbitragem pegou um toque de braço de Gabriel Peireira. Pênalti. Chico cobrou no canto esquerdo de Cássio, que saltou para o lado oposto. A torcida fez a festa em casa e comemorou a permanência do time na elite do Nacional. No fim, ainda deu tempo de Fagner ser expulso por chute em Capixaba.

JUVENTUDE X CORINTHIANS

Local: Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)
Data e horário: 9 de dezembro de 2021, às 21h30
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Gols: Chico (37', 2ºT)
Cartão amarelo: Gil e Roni (COR)
Cartão vermelho: Fagner (COR)

JUVENTUDE
Douglas Friedrich, Paulo Henrique, Vitor Mendes, Quintero (Roberson, 21' 2ºT - Didi, 40' 2ºT), Rafael Forster, Jadson (Bruninho, 20' 2ºT), Dawhan (Ricardinho, 28' 2ºT), Chico, Guilherme Castilho (Wescley, intervalo), Capixaba, Sorriso. Técnico: Jair Ventura

CORINTHIANS
Cássio, Fagner, João Victor, Gil, Lucas Piton, Gabriel (Adson, 14' 2ºT), Du Queiroz, Giuliano, Gustavo Mosquito (Roni, 21' 2ºT), Jô (Gustavo Mantuan, 14' 2ºT), Gabriel Pereira (Vitinho 42' 2ºT). Técnico: Sylvinho

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários