De criticado a xodó, Michael recorda 2021 pelo Flamengo: 'Quis mostrar com atitudes que tenho potencial'
Matheus Dantas, Felippe Rocha e Melina Fagundes
De criticado a xodó, Michael recorda 2021 pelo Flamengo: 'Quis mostrar com atitudes que tenho potencial'


Único representante do Flamengo na seleção do campeonato, o atacante Michael representou o clube no Prêmio Brasileirão 2021 (acompanhe em tempo real clicando aqui ) . Ao LANCE! , o jogador relembrou a trajetória na temporada, iniciada sob críticas e finalizada como um dos protagonistas do elenco, apesar do ano ruim do time . Ele relembrou o esforço que fez ao abrir mão de parte das férias: "quis mostrar com as minhas atitudes que tenho potencial".

>>> LANCE! elege sua Seleção do Brasileirão 2021; veja como ficou a escalação!

- Só fui casar, colocar um cadeado (risos). Brincadeira. Eu sabia da minha qualidade, sabia do que poderia proporcionar, mas precisava de minutos de jogos, precisava de um pouco de confiança. Quando eu voltei, falei para as pessoas mais próximas: esse ano será diferente para mim. Como vou mudar uma crítica, uma opinião? Não é com fala, é com atitude. Isso que tentei fazer - afirmou Michael, antes de seguir:

- Quis mostrar com as minhas atitudes que tenho potencial, mas que também preciso e mereço respeito. Isso que fiz, com amor, dando meu melhor, seja na técnica ou na raça, e fazendo o que precisamos: gol, assistências e dando o melhor para o nosso torcedor.

Com 14 gols, Michael foi o artilheiro do Flamengo neste Brasileirão. O atacante ainda deu quatro assistências, e, com participação em 35 rodadas, foi o jogador que mais atuou pela equipe.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários