Cruzeiro oficializa a SAF e pode planejar novos passos para o futebol
Valinor Conteúdo
Cruzeiro oficializa a SAF e pode planejar novos passos para o futebol


O Cruzeiro agora tem novo CNPJ, nova natureza fiscal, o que pode gerar uma nova fase para o clube azul, que vive uma crise sem precedentes. Desde a segunda-feira, 29 de novembro, quando registrou a Sociedade Anônima do Futebol (SAF), o clube ainda esperava liberação da Receita Federal. E o órgão autorizou a Raposa a inscrever seu número de inscrição no CNPJ.

Assim, o Cruzeiro tem um CNPJ sem restrições, por enquanto, podendo fazer algumas operações como um novo contrato para Vanderlei Luxemburgo, jogadores e até com o futuro diretor de futebol, Alexandre Mattos, que ainda não foi confirmado no time celeste.

A composição da SAF, reveladas tem definidos o conselho de gestão, novo CNPJ e o capital social, que é de R$ 22,9 milhões.

Por enquanto, o quadro societário aparece com os nomes do atual presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, e do vice-presidente administrativo, Edson Potsch Magalhães Neto. Eles fazem parte da diretoria da SAF.

O conselho de administração também está formado e tem os seguintes membros:

Sérgio Santos Rodrigues (presidente do Cruzeiro)
Alvimar de Oliveira Costa (conselheiro e ex-presidente do clube)
Paulo Henrique Pentagna Guimarães (conselheiro e empresário)

O tempo de mandato dos conselheiros é de três anos. Também foram também eleitos os membros do Conselho Fiscal do Cruzeiro SAF, que terão mandatos de três anos, é será formado por:

André Dias Bahia (contador)
Sandro Magno Garcia Costa (contador)
Jorge Luiz Valente Lipiani (engenheiro)


O conselho fiscal também já tem os membros suplentes: Raphael Silva Rodrigues, Thiago Fantine Magalhães e Wederson Advíncula Siqueira (todos advogados). Os membros do Conselho de Administração, Diretoria e Conselho Fiscal não serão remunerados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários