Com mais uma Libertadores, Anderson Barros pode permanecer no Palmeiras
LANCE!/NOSSO PALESTRA
Com mais uma Libertadores, Anderson Barros pode permanecer no Palmeiras


Embora criticado por parte da torcida por conta de seu perfil mais discreto e por sua política de austeridade financeira, Anderson Barros tem uma das gestões mais vitoriosas da história do Palmeiras, conquistado duas Libertadores, uma Copa do Brasil e um Paulistão como diretor executivo.

Cruzamentos definidos! Veja os times que vão para o Mundial de Clubes 2021

Com contrato somente até o fim de 2021, Barros despertou o interesse do Vasco. Tal como as possíveis renovações de Felipe Melo e Jailson, a continuidade do diretor no Verdão depende da decisão de Leila Pereira. A nova presidente do Alviverde assume o cargo no dia 15 de dezembro.

O segundo título da Libertadores em menos de um ano pode ter dado a força necessária para que Barros permaneça no Palmeiras. Após a final contra o Flamengo, o técnico Abel Ferreira rasgou elogios ao diretor, afirmando que se trata do melhor profissional com quem trabalhou na área.

Veja a tabela completa do Brasileirão

– Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à comissão técnica e mais duas pessoas que foram fundamentais: o Cícero e o Anderson Barros, que é o diretor esportivo mais incrível com quem trabalhei. A Leila está em dúvidas e eu não tenho, ele deve ser o diretor esportivo do Palmeiras. Ele teve um trabalho absolutamente extraordinário. Ajudou muito, soube sempre ser sério e dizer aos jogadores o que ia passar. É uma honra trabalhar com o grande homem que ele é - disse Abel.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Anderson Barros chegou ao Palmeiras no fim de 2019, vindo do Botafogo, para substituir Alexandre Mattos no cargo de diretor executivo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários