Renato Gaúcho chora no vestiário e fala em tom de despedida após o vice do Flamengo na Libertadores
Lazlo Dalfovo
Renato Gaúcho chora no vestiário e fala em tom de despedida após o vice do Flamengo na Libertadores


Renato Gaúcho está em clima de despedida. O treinador do Flamengo chorou no vestiário após a derrota para o Palmeiras, por 2 a 1, neste sábado, em Montevidéu, que culminou no título da Libertadores para o rival, e o técnico adotou um tom de "adeus" em sua conversa com o elenco. A informação inicial é do site "ge" - e foi confirmada pelo LANCE! .

Em seguida, na entrevista coletiva, abatido, Portaluppi externou que o seu futuro está nas mãos dos dirigentes do Fla, lembrando o seu breve prazo de contrato.

- Nessas horas é difícil falar. Nesse tempo, procurei dar o máximo de mim, juntamente com o grupo. O contrato termina dia 30 (de dezembro). Essa pergunta é para o presidente do clube, Marcos Braz, diretoria. A decisão é do Flamengo - respondeu o treinador, na sala de imprensa do Estádio Centenário.

O Flamengo embarca para o Rio de Janeiro em voo fretado, previsto para deixar a capital uruguaia às 2h45 da madrugada deste sábado para domingo. A delegação chega em solo carioca por volta das 5h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários