Herói do título, Deyverson se emociona com conquista: ‘Nunca deixei de trabalhar’
LANCE!/NOSSO PALESTRA
Herói do título, Deyverson se emociona com conquista: ‘Nunca deixei de trabalhar’


O Palmeiras venceu, neste sábado (27), o Flamengo, por 2 a 1, na decisão da Libertadores. Autor do segundo gol do Palmeiras na final da Libertadores, Deyverson, que garantiu o tricampeonato sul-americano do Verdão, foi eleito melhor homem em campo no jogo. Com altos e baixos desde o seu retorno ao clube, o atacante se emocionou com a redenção.

– Tive altos e baixos, mas não culpo ninguém. Cometi muitas falhas, mas nunca deixei de trabalhar. Agradeço a todos da minha família e, principalmente, ao meu empresário, que me ajudou muito nesse tempo. Só agradecer a Deus por tudo. Temos que renunciar para chegar nesse patamar – afirmou o camisa nove.

Depois de rodar por clubes do futebol espanhol, Deyverson acertou seu retorno ao Alviverde no primeiro semestre deste ano. Desde então, o jogador participou de 31 jogos, entre Brasileirão e Libertadores, e oscilou entre momentos bons e ruins até escrever de vez seu nome na história do Palestra.

Com o título continental, o Palmeiras se igualou a Santos, São Paulo e Grêmio como maior vencedor do torneio no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários