Com grande atuação de Josh Allen, Buffalo Bills atropela o New Orleans Saints
Lance!
Com grande atuação de Josh Allen, Buffalo Bills atropela o New Orleans Saints


O Buffalo Bills não teve piedade do New Orleans Saints na partida que encerrou os jogos do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos e, nesta quinta-feira (25), atropelou o adversário por 31 a 6, no Ceasars Superdome, em Nova Orleans. Os Bills confirmaram a sétima vitória na temporada, empatando com o New England Patriots na liderança da AFC East, já que as duas equipes também possuem o mesmo número de derrotas: quatro. Já os Saints, ainda que, momentaneamente, desperdiçaram a oportunidade de diminuir a distância para o Tampa Bay Buccaneers, líder da NFC South,

Josh Allen encerrou o confronto com 260 jardas, 23/28 passes, quatro touchdowns lançados e duas interceptações. Do outro lado, Trevor Siemian não teve vida fácil e não passou de 149 jardas lançadas, 16/28 passes, um touchdown conectado e uma interceptação.

O primeiro tempo entre New Orleans Saints e Buffalo Bills foi todo protagonizado pela equipe visitante, para o bem e para o mal. No sentido positivo, os Bills conseguiram ir para o vestiário ganhando por 10 a 0, com um touchdown envolvendo Josh Allen e o tight end Dawson Knox, logo na campanha inicial dos visitantes. No segundo quarto, Josh Allen novamente guiou seu ataque até a jarda 16 no campo de defesa dos Saints, mas a campanha não conseguiu ter sequência. Coube ao kicker Tyler Bass converter o field goal de 34 jardas para aumentar o marcador para 10 a 0.

O sentido negativo fica por conta das duas interceptações sofridas por Josh Allen já próximo do intervalo. A primeira foi parar nas mãos do cornerback Bradley Roby quando o quarterback dos Bills buscava a conexão com Stefon Diggs. Na campanha seguinte, Allen tentou lançar o wide receiver Gabriel Davis e a bola acabou tomada pelo linebacker Kwon Alexander. Apesar das interceptações, o ataque do New Orleans Saints parou na defesa do Buffalo Bills e os donos da casa não souberam transformar os turnovers dos visitantes em pontos no placar.

No terceiro quarto, Josh Allen voltou dos vestiários disposto a apagar as campanhas ruins de sua memória e acabou transformando a primeira posse do segundo tempo em seu segundo touchdown na partida. Desta vez, o quarterback conectou Stefon Diggs na endzone e os Bills aumentaram a vantagem para 17 a 0, depois que Tyler Bass confirmou o ponto de bonificação. Com a defesa dos Bills forçando o ataque dos Saints a ir para mais um punt, Josh Allen precisou de 14 jogadas, em pouco mais de seis minutos, para lançar seu terceiro TD no jogo, mais uma vez para Dawson Knox, elevando o marcador para 24 a 0, já contando com a efetividade de Tyler Bass no ponto de bonificação.

Na primeira campanha em que o New Orleans Saints pôde anotar o seu primeiro touchdown da partida, na linha de passe entre o quarterback Trevor Siemian com seu tight end Nick Vannett. Entretanto, Siemian acabou não completando a tentativa de coversão de dois pontos para Lil’Jordan Humphrey e o marcador passou a mostrar 24 a 6 para o Buffalo Bills.

No último quarto do confronto, Josh Allen alcançou seu quarto touchdown lançado ao disparar um passe curto para o running back Matt Breida, que, contando com o bloqueio da linha ofensiva do Buffalo Bills, avançou sem ser incomodado até a endzone dos Saints e aumentou o massacre para 31 a 6, contabilizando o chute de bonificação de Tyler Bass. Ainda daria tempo para Trevor Siemian ser interceptado por Jordan Poyer quando tentava estabelecer a conexão com o wide receiver Deonte Harris.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários