Com gol anulado, Bahia vence Grêmio pelo Brasileirão
Futebol Latino
Com gol anulado, Bahia vence Grêmio pelo Brasileirão


O Bahia venceu o Grêmio, pela 36ª rodada do Brasileirão. Jogando na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Tricolor Baiano levou a melhor por 3 a 1, na noite desta sexta-feira, 26. Com a derrota, os gaúchos ficam em uma situação mais delicada na tabela.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

COMEÇO MOVIMENTADO!

Com muitas dificuldades de manter a posse de bola, o Grêmio viu o duelo iniciar de maneira favorável ao Bahia. Os anfitriões conseguiram pressionar desde o início da partida.

NA FRENTE!

Aos 12, os donos da casa saíram na frente do placar. Na jogada, Rodriguinho lançou, mas Vanderson não conseguiu cortar. a bola sobrou para Matheus Bahia, que chutou cruzado. Chapecó até tocou, mas não evitou o primeiro gol.

MAIS UM!

O Bahia seguiu na pressão e não demorou a ampliar o marcador. Em uma grande falha da defesa gremista, Geromel recuou mal para o goleiro Gabriel Chapecó. Raí Nascimento aproveitou, tirou do goleiro e entrou com a bola, ampliando a vantagem.

BUSCANDO MAIS UM!

O Bahia seguiu em alta e não deixou o Grêmio sequer chegar perto de assustar a meta de Danilo Fernandes. Aos 19, Nino cruzou rasteiro. A bola viajou toda a pequena área e foi pela linha de fundo. Quatro minutos depois, Raí pegou a sobra e mandou por cima.

NA RETRANCA?

Depois de marcar o seu segundo gol, o Bahia diminuiu o ritmo e não assustou tanto o Tricolor Gaúcho. O time levou o Grêmio para o seu campo de defesa, não deixando o time visitante chegar com perigo.

CONFUSÃO!

O clima ficou quente aos 33. Rossi cometeu falta em Ferreira, que começou uma discussão calorosa com o adversário. Logo depois, Vanderson​ cobrou lateral no rosto de Raí, que caiu no gramado. O árbitro Bruno Arleu marcou falta em Raí e deu amarelo para o lateral-direito do Grêmio.

QUE PERIGO!

Aos 44, o Tricolor Gaúcho chegou com perigo - o primeiro na etapa. Na jogada, Alisson tabelou com Borja e, com a canhota, chutou para uma grande defesa do goleiro Danilo Fernandes.

NA BRONCA!

O Grêmio seguiu tentando ampliar a vantagem na segunda etapa. Aos 6, Douglas tocou para Rafinha, que invadiu a área e cruzou para trás. Borja chutou fraco, e Danilo ficou com a bola.

RESPOSTA!
O Bahia não ficou para trás. Assim, o Tricolor Baiano ampliou a pressão e chegou com perigo aos 12. Na jogada, Rossi pegou uma sobra e chutou por cima do gol de Gabriel Chapecó. Na sequência, Gilberto venceu a marcação de Kannemann, invadindo a área e chutando cruzado.

GOL!


​Os gaúchos diminuíram a vantagem baiana aos 15. Danilo Fernando afastou um escanteio no soco. Rafinha apareceu e chutou no rebote. Assim, Thiago Santos desviou para diminuir o placar da Arena Fonte Nova.

GOL?

O Bahia não tardou a ampliar. Aos 26, Raí Nascimento chegou a balançar as redes. No entanto, o tento acabou sendo anulado por um impedimento de Gilberto na origem da jogada.

FINALIZANDO O PLACAR!

O placar foi finalizado aos 39, com mais um gol. Depois de Daniel assustar, mas ser desarmado por Thiago Santos, o meia anotou o terceiro. Na jogada, o camisa 8, livre pela esquerda, chutou cruzado. Gabriel Chapecó não conseguiu defender.

FICHA TÉCNICA
Bahia 3 x 1 Grêmio
Local:
Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 26/11/2021 - às 19h (de Brasília)
Público: 30.071 torcedores
Renda: R$​ 630.622,00
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)​
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Nino Paraíba, Lucas Mugni e Rodriguinho (Bahia); Vanderson, Kannemann e Bruno Cortez (Grêmio)
Cartões vermelhos: -
Gols: Matheus Bahia, aos 12'/1ºT (1-0); Raí Nascimento, aos 17'/1ºT (2-0);

BAHIA (Técnico: Guto Ferreira)

Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Gustavo Henrique e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Edson, aos 41'/2ºT), Lucas Mugni e Rodriguinho (Daniel, aos 32'/2ºT); Rossi (Ronaldo César, aos 23'/2ºT), Gilberto (Rodallega, aos 32'/2ºT) e Raí Nascimento (Raniele, aos 42'/2ºT).

GRÊMIO (Técnico: Vagner Mancini)

Gabriel Chapecó; Vanderson (Rafinha, aos 0'/2ºT), Pedro Geromel, Kannemann (Diego Souza, aos 28'/2ºT) e Bruno Cortez; Thiago Santos, Victor Bobsin (Campaz, aos 22'/1ºT) e Villasanti (Jean Pyerre, aos 28'/2ºT); Alisson (Douglas Costa, aos 0'/2ºT), Borja e Ferreira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários