Agenda 2030 da ONU é a meta do Instituto Escolinha de Triathlon Formando Campeões
Lance!
Agenda 2030 da ONU é a meta do Instituto Escolinha de Triathlon Formando Campeões


O Instituto Escolinha de Triathlon Formando Campeões comprometeu-se com as metas estabelecidas na Agenda 2030 da ONU. A entidade vai centralizar ações focadas no desenvolvimento social e na redução das desigualdades em todos os núcleos do projeto, por meio do triathlon.

A Agenda 2030 tem 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, entre eles a erradicação da pobreza, conquista da saúde e bem-estar, educação de qualidade para todos e igualdade de gêneros. A redução das desigualdades já está no DNA da Escolinha de Triathlon, focada há cinco anos na inclusão e formação por meio do esporte. O projeto proporciona a jovens de baixa renda a prática de um esporte olímpico, com estrutura profissional. E trabalha em conjunto com alunos, pais e professores para fomentar a educação.

O projeto também promove a igualdade de gêneros, com vagas distribuídas igualmente entre meninos e meninos. Da mesma forma, a equipe técnica possui o mesmo número de homens e mulheres educando a garotada. Outras ações vêm sendo planejadas e, aos poucos, colocadas em prática.

- Desde o início, a Escolinha vai além dos treinos de triathlon, envolvendo valores familiares, educação e conscientização ambiental, para que os alunos se desenvolvam dentro dos princípios destacados na Agenda 2030 - explica o coordenador do projeto, Ricardo Júnior Cardoso.

- Hoje, incentivamos os alunos a criar hortas em casa, evitar o desperdício de água e reaproveitar e compartilhar materiais. Também vamos implementar a leitura de um livro por mês, para discutirmos em aula.

A ideia é conscientizar e formar os alunos para que eles possam, individualmente, ajudar a atingir os objetivos propostos pela ONU. O projeto também está alinhado aos ODS com ações coletivas. Entre elas, a parceria com empresas patrocinadoras para incluir os alunos da Escolinha em programas de estágio. A ideia já é realidade no núcleo do projeto em Caucaia, no Ceará, patrocinado pela Aeris.

O Instituto Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi fundado este ano como plataforma de apoio a um projeto de seis anos que já é referência na formação de crianças e adolescentes por meio do esporte. O intuito é unificar e expandir ações do projeto em todo o Brasil. A organização não governamental irá centralizar ações voltadas para o desenvolvimento social por meio do esporte em todo o Brasil.

A criação do Instituto é reflexo do sucesso da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Chancelado pela Confederação Brasileira de Triathlon, entidade máxima do esporte no Brasil, como modelo de FOMENTO, o projeto atende hoje 660 crianças e adolescentes em 15 núcleos espalhados pelo Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

Comprometido com a Agenda 2030 da ONU, o Instituto também se alinha ao ESG, do inglês Environmental, social and corporate governance, traduzida em português como Governança ambiental, social e corporativa. Trata-se de critérios para mediar ações nos âmbitos ambiental, social e a governança dentro das empresas. Eles englobam as áreas de pobreza, nutrição, saúde, educação, água e saneamento e igualdade de gênero.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários