Rafael Sóbis convoca torcedores ao Mineirão para o confronto do Cruzeiro com Náutico
Valinor Conteúdo
Rafael Sóbis convoca torcedores ao Mineirão para o confronto do Cruzeiro com Náutico


O atacante Rafael Sobis anunciou no dia 9 de novembro, na vitória do Cruzeiro por 2 a 0 sobre o Brusque, no Mineirão, pela Série B, o fim de sua carreira como jogador de futebol. Porém, o atleta terá uma despedida na Raposa no duelo desta quinta-feira, 25, contra o Náutico, pela última rodada da Série B.

- O dia chegou. A vida é assim. O tempo passa. Uns tem que sair para outros chegarem. Uma noite especial. Avisei que, se a gente vencesse, seria meu último jogo. Acabou. Vou nascer para outra vida. Espero que o Cruzeiro volte o mais rápido possível para o seu lugar - disse o jogador ao Canal Premiere.

Emocionado, Sobis recebeu carinho dos colegas de time e também dos rivais do Brusque, que reconheceram a grandeza da passagem do jogador dentro das quatro linhas. Até o árbitro da partida resolveu homenageá-lo dando de presente os cartões do jogo.

Somando as duas passagens pelo Cruzeiro, o atacante tem 176 jogos pela Raposa, sendo 41 nesta temporada, marcando 37 gols no total. O seu contrato vai até o fim de 2021 e com o fim do risco de queda à Série C, Sobis resolveu antecipar sua aposentadoria.

Sóbis anunciou a aposentadoria do futebol e terá uma despedida no duelo diante do Timbu-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

Desde que voltou ao Cruzeiro, em 2020, Sobis deu sua contribuição fora e dentro de campo mas este ano perdeu espaço na equipe principal, ficando a maior parte do tempo no banco de reservas.

A primeira vez do atacante na Raposa foi de 2016 a 2018, quando venceu duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e o Campeonato Mineiro 2018 pelo clube. O atacante convocou a torcida e espera o Mineirão lotado, pois a diretoria celeste colocou o ingresso do duelo como Timbu a partir de R$ 10 e um acordo com a gestora do estádio, Minas Arena, deve permitir lotação máxima.

Rafael Sobis tem passagens vitoriosas por Internacional, clube que o revelou, vencendo duas Copa Libertadores (2006 e 2010) e três Campeonatos Gaúchos (2004, 2005 e 2011).

No Fluminense, conquistou ergueu o Campeonato Brasileiro de 2012 e o Campeonato Carioca, no mesmo ano. Atuou no México também. No Tigres, conquistou o Campeonato Mexicano - Apertura de 2015 e por fim, com o Ceará, levantou a Copa do Nordeste de 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários