Ao L!, João Guilherme fala da emoção de narrar a decisão da Libertadores: 'É a maior final brasileira da história'
Ricardo Guimarães
Ao L!, João Guilherme fala da emoção de narrar a decisão da Libertadores: 'É a maior final brasileira da história'


A grande final da Libertadores 2021 é o principal evento esportivo da América do Sul neste mês de novembro. Pelo segundo ano consecutivo, a decisão do torneio continental será disputada por duas equipes brasileiras. Flamengo e Palmeiras, os dois últimos campeões da competição, se enfrentam no Uruguai em jogo que vale o tricampeonato da América para os dois clubes.

Selecionado para narrar in loco o confronto pela final da Libertadores no Fox Sports e no Star+, João Guilherme concedeu uma entrevista exclusiva ao LANCE! e falou sobre sua carreira e as expectativas que tem para o jogo que será realizado em Montevidéu, no dia 27 de novembro.

Palmeiras x Flamengo: final da Libertadores 2021

Palmeiras ou Flamengo? Qual equipe se tornará tricampeã da América? (Arte L!)

Confira!
1- Quem são suas referências principais na narração esportiva?
- Na TV, o grande Luciano do Valle e no Rádio é Osmar Santos.

2- Conhecido por popularizar alguns bordões, o “Eu te amo futebol” chama atenção. Qual foi o momento de inspiração que fez ele surgir?
- Durante uma transmissão do campeonato inglês entre Leicester x Chelsea. O jogo estava tão bom que me empolguei e soltei: “ Eu te amo futebol“, e aí pegou.

3- Você já tem muitos anos de experiência como narrador, trabalhando na cobertura de diversos torneios importantes. Qual foi o jogo que mais marcou sua carreira de narrador?
- Na verdade, foram dois jogos: Brasil 1 x 7 Alemanha, na Copa do Mundo de 2014 e a final da Libertadores de 2019, Flamengo 2 x 1 River Plate.

4- Palmeiras e Flamengo são os dois times que disputam com mais frequência os grandes títulos nas últimas cinco temporadas e finalmente teremos um confronto direto entre eles numa final. O que acha dessa rivalidade?
- Essa rivalidade já existe desde 2016, quando eles passaram a disputar os títulos, a partir do momento que se organizaram financeiramente. E a tendência é que só aumente. A final da Libertadores vai ampliar essa rivalidade, que tende a viver outras grandes finais nos próximos anos.

5- Abel Ferreira e Renato Gaúcho são técnicos que se destacam em copas e algumas vezes optam por uma estratégia de jogo mais pragmática em torneios desse cunho. O que você espera desse jogo? Algo mais amarrado ou os dois vão buscar o jogo?
- Espero um duelo muito interessante. Abel é um estrategista e monta a equipe dependendo do adversário. Acho que será um Palmeiras muito intenso, marcando forte e saindo em velocidade. O Renato é um grande líder e terá à disposição os melhores jogadores do elenco. Confronto muito interessante de técnicos bem diferentes.

6- Como é o sentimento de saber que a sua voz pode ser eternizada narrando um momento épico de tricampeonato da Libertadores de um dos clubes mais populares do país?
- É uma honra enorme. Ter a certeza que narrarei um novo tricampeão da Libertadores em um estádio mítico como o Centenário. Será lindo! Para mim, essa é a maior final brasileira da história da libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários