Show de QB, recorde de WR e massacre de Ohio State em cima de Michigan State
Lance!
Show de QB, recorde de WR e massacre de Ohio State em cima de Michigan State


#4 Ohio State Buckeyes (10-1) chegou à 10° vitória no ano ao trucidar seu rival de Big Ten, #9 Michigan State (9-2) por absurdos 56 a 7, diante da sua fanática torcida, no Ohio Stadium. Os Buckeyes resolveram o jogo já no segundo quarto, quando abriram 49 a 0. No primeiro tempo, o ataque chegou às 500 jardas e teve 26 first downs.

CJ Stroud foi o grande nome da tarde com 432 jardas e seis touchdowns. O quarterback de Ohio State errou apenas três das suas 35 tentativas de passe na partida. O senior Master Teague III correu 21 vezes para 95 jardas e um touchdown. Mas quem brilhou mesmo foi o jogo aéreo. Chris Olave (sete recepções para 140 jardas e dois touchdowns) se tornou o recordista de TDs recebidos na história da faculdade. Garrett Wilson também foi brilhante com sete recepções para 126 jardas e dois touchdowns. Jaxon Smith-Njigba também passou das 100 jardas (105) com 10 recepções e um touchdown. O wide receiver sophomore Julian Fleming completou a festa na end zone.

Por Michigan State, Payton Thorne completou apenas 14 de 36 passes tentados para 158 jardas e um touchdown. Seu alvo na end zone foi o wide receiver Keon Coleman. Kenneth Walker III, a principal arma do ataque dos Spartans, teve uma tarde completamente apagada com apenas seis corridas para 25 jardas.

Ohio State começou o jogo com as costas contra a parede, depois de um false start na linha de 14 jardas. Mas a situação foi rapidamente contornada com a conexão CJ Stroud e Chris Olave para mover as correntes. TreVeyon Henderson na sua segunda carregada conseguiu uma ótima corrida de 10 jardas colocando o ataque dos Buckeyes praticamente no meio de campo. Na sequência, Stroud fez um bom trabalho com Garrett Wilson acertando quatro passes para um total de 24 jardas. A última, uma recepção para 12 jardas. Por fim, numa 2nd&8 na linha de 23 do campo de ataque, Stroud acertou um belo passe entre os defensores de Michigan State para Chris Olave abrir o placar para o time da casa, 7 a 0.

Os Spartans não conseguiram responder na primeira campanha e mais uma vez Ohio State castigou. Em uma campanha de um pouco mais de um minuto, CJ Stroud ainda na linha de 23 do próprio campo soltou o braço e acertou um passe de 70 jardas para Garrett Wilson. Ele fez a recepção na linha de 40 e correu até a end zone ampliar, 14 a 0. Precisando responder, Michigan State teve que sair de um grande buraco. 3rd&14 na linha de 12, Payton Thorne completou um passe de 14 jardas para Tyler Hunt mover as correntes. Kenneth Walker apareceu muito bem na campanha com duas corridas para mais de 10 jardas e o ataque chegou até a linha de 29 do campo ofensivo. Porém, Thorne não completou três tentativas de passe, com isso Matt Cohlin entrou em campo, mas o kicker visitante mandou o chute de 46 jardas para fora.

Em outra campanha relâmpago, CJ Stroud em quatro jogadas chegou a end zone pela terceira vez na tarde. O quarterback de Ohio State conectou outra big play, acertando um passe de 15 jardas para Jaxon Smith-Njigba, depois ele mandou um míssil de 43 jardas para o touchdown de Chis Olave, 21 a 0 com 2:31 no primeiro quarto.

O quadro piorou ainda mais para Michigan State, o running back Jordon Simmons sofreu um fumble na sua terceira tentativa da campanha e soltou a carne na linha de 38 do campo de defesa. Em menos de um minuto veio à quarta ida a end zone. CJ Stroud conectou Julian Fleming na end zone, 28 a 0.


Novo three and out para os visitantes e os Buckeyes mais uma vez foram imperdoáveis. Miyan Williams abriu os trabalhos com uma boa corrida de 14 jardas. Stroud acertou dois bons passes e chegou na linha de 28 do campo de ataque. No lance seguinte, o quarterback soltou o braço mais uma vez e conectou um tiro de 27 jardas para Chris Olave ser parado no limite da end zone. Depois, Williams que havia iniciado a campanha a encerrou com uma corrida tranquila para uma jarda, 35 a 0.

Os Spartans completamente nas cordas não conseguiram responder e o ataque dos Buckeyes continuou um rolo compressor ambulante. TreVeyon Henderson moveu as correntes com uma corrida de 18 jardas até a linha de 39 do campo visitante. Stroud foi muito preciso nos três últimos passes da campanha. Oito para Smith-Njigba, 16 para Chris Olave e por fim, Garrett Wilson chegou ao seu segundo touchdown no jogo com uma recepção completamente livre, 42 a 0.

Antes do intervalo, os Buckeyes não tiraram o pé do acelerador e na sétima campanha do jogo veio o sétimo touchdown. Desta vez, a marcha no campo demorou um pouco mais de quatro minutos. A situação não começou bem com Stroud sofrendo um sack de Maverick Hansen para perda de oito jardas. Mas o ataque de Ohio State estava numa tarde inspirada e Miyan Williams moveu as correntes com uma impressionante corrida de 19 jardas. O quarterback conseguiu outra big play, 15 jardas para Chris Olave. O ataque mandante avançou até a linha de 5 jardas e Stroud saindo do pocket viu Smith-Njigba completamente livre na end zone para o sétimo touchdown do jogo, 49 a 0.

No começo do segundo quarto, Ohio State cometeu seu primeiro erro da partida. Em uma campanha bem longa de 11 jogadas e mais de cinco minutos, CJ Stroud sofreu um sack para perda de três jardas para Drew Beesley que encerrou as chances de touchdown. Sendo assim, Noah Ruggles entrou para chutar um field goal de 38 jardas, mas errou.

Kyle McCord entrou no lugar de CJ Stroud que fechou a partida com 32/35 para 432 jardas e seis touchdowns. Mas o calouro, na primeira tentativa de passe depois de cinco corridas, lançou um passe completamente errado que ficou para a fácil interceptação de Justin White. Finalmente, os Spartans saíram do zero aproveitando o turnover. Payton Thorne fez um lançamento no canto da end zone para Keon Coleman que aproveitou a separação contra o cornerback para fazer a recepção, 49 a 7.

Os Buckeyes “saíram do zero” no segundo tempo com uma campanha dominante do senior Master Teague III. O running back correu 52 das 72 jardas totais do drive e anotou seu touchdown com uma corrida curta de uma jarda, 56 a 7.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários