Com direito a golaço de Hulk, Atlético-MG supera o Juventude e fica muito perto do título Brasileiro
Valinor Conteúdo
Com direito a golaço de Hulk, Atlético-MG supera o Juventude e fica muito perto do título Brasileiro


O Atlético-MG venceu o Juventude por 2 a 0, gols de Hulk, nesta noite de sábado, 20 de novembro, pela 34ª rodada do Brasileirão, dando mais um passo rumo ao bicampeonato nacional. Em um Mineirão lotado, o Galo superou os gaúchos e com 74 pontos, pode soltar o grito de campeão já na próxima rodada, contra o Palmeiras, em São Paulo, caso derrote o Verdão.

Foi um duelo duro para o time mineiro no primeiro tempo, mas somente após o pênalti sofrido por Diego Costa, após revisão do VAR, que o sufoco atleticano passou, com Hulk abrindo o placar.

Mas, o grande momento da noite ainda viria, depois de grande jogada de Keno, que deu passe para Hulk. Ele pisou na bola, olhou, e mandou no ângulo, marcando um golaço, selando a vitória alvinegra.

O Atlético chegou aos 74 pontos e ao fim da rodada pode ter 11 pontos de vantagem sobre o Flamengo, único concorrente no páreo, pois o Palmeiras foi derrotado e não pode mais alcançar o alvinegro. Já o Juventude está com 39 pontos, na 15ª colocação, muito perto do Z4.

Primeiro tempo duro

O Juventude não facilitou nada para o Galo. Segurou o time mineiro o quanto pôde, para se manter vivo na luta contra o rebaixamento. E o placar não saiu do zero na etapa inicial.

VAR “alivia” o time mineiro

Em lance com Diego Costa, o VAR viu penalidade máxima no atacante atleticano, que foi convertida por Hulk. A Massa Alvinegra explodiu de alegria.

Golaço de Hulk

Em noite especial do atacante, novo artilheiro do campeonato, com 14 gols, o jogador do Galo marcou uma pintura de gol, brindando os mais de 61 mil presentes no Mineirão.

Presença da Massa

Com mais de 61 mil presentes, para uma renda superior a R$ 4 milhões, a torcida do Galo deu show apoiando o time o tempo todo. O grito de campeão está perto de sair da garganta.

Título pode vir contra o Verdão

Sem chances de ser campeão, o time paulista deve priorizar a Libertadores e colocar o time reserva no duelo de terça-feira. Assim, a missão atleticana de sair de São Paulo com a taça pode ser facilitada, pois se o Flamengo tropeçar, ninguém tira mais o caneco do time mineiro.

Próximos jogos

O Galo pode soltar o grito de campeão contra o Palmeiras, na terça-feira, 23 de novembro, às 21h30, em São Paulo. Já o Juventude segue sua saga para evitar o rebaixamento contra o Red Bull Bragantino, também na terça, 30.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
ATLÉTICO-MG 2 X 0 JUVENTUDE
Data: 20 de novembro 2021
Horário: 19h(de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos do SP)
VAR: Péricles Bassols Pegado Cortez (SP)
Gols: Hulk, pênalti, aos 26’-2ºT(1-0), Hulk, aos 31’-2ºT(2-0)
Cartões Amarelos; Mariano (ATL), Jadson (ATL), Dawan (JUV)
Cartões vermelhos:
Público presente: 61 876/Renda: R$ 4 649 287, 50


ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver (Nacho Fernández, aos 35’-1ºT ) e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho (Tchê Tchê, aos 39’-2ºT); Hulk, Diego Costa (Igor Rabello, aos 32’-2ºT) e Keno (Savarino, aos 39’-2ªT)

JUVENTUDE (Técnico: Jair Ventura)

Douglas; Michel Macedo, Quintero (Didi, aos 28’-2ºT), Rafael Forster (Rafael Bilu, aos 32’-2ºT) e William Matheus; Dawhan, Jadson (Wescley, aos 28’-2ºT), Capixaba(Paulo Henrique, aos 12’-2ºT) e Wescley; Sorriso e Ricardo Bueno.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários