Em jogo 'sonolento', Sampaio Corrêa e Cruzeiro empatam no Castelão
Valinor Conteúdo
Em jogo 'sonolento', Sampaio Corrêa e Cruzeiro empatam no Castelão


Em um jogo “sonolento”, Sampaio Corrêa e Cruzeiro terminaram empatados por 1 a 1, gols de Maurício e Léo Santos, nesta quinta-feira, 18 de novembro, no Castelão, em São Luís. A partida não valia muito em termos de campeonato, mas demonstrou claramente porque as duas equipes seguirão na Série B de 2022.

Com o resultado, a dupla chegou aos 47 pontos, com o Sampaio na 10ª posição, enquanto a Raposa, na 11ª colocação, já está sem riscos matemáticos de queda à terceira divisão.

O resumo do duelo no Maranhão foi a falta de vontade em campo de Cruzeiro e Sampaio Corrêa, que protagonizaram um espetáculo de baixo nível, aquém da história dos dois clubes. O Cruzeiro não conseguiu nem dar ao seu torcedor um alento neste final de temporada.

Gastaram tudo no primeiro tempo

Sampaio Corrêa e Cruzeiro sabiam que o empate era bom para os dois. Então, os momentos de emoção do jogo aconteceram só em alguns lances da etapa inicial, com os dois gols. Após o empate da Raposa, a partida se transformou em um jogo sendo “empurrado com a barriga”. Uma lástima.

Desistiram do jogo

Com passes laterais e nenhuma vontade de buscar a vitória, Sampaio e Cruzeiro não respeitaram o torcedor que foi ao estádio e protagonizaram um espetáculo de se lamentar. Em resumo, o jogo do Castelão foi um resumo do ano melancólico do Cruzeiro e da maioria do seu elenco, que demonstrou ser muito aquém da grandeza do clube.

Acaba logo, Série B

Tanto Cruzeiro, quanto Sampaio Corrêa querem férias logo depois se evitarem o rebaixamento à Série C. No jogo desta noite, se viu como o time celeste não conseguiu nem terminar de forma digna a Série B 2021.

Risque o racismo

A única coisa positiva na Raposa foi sua camisa com a frase “Risque o Racismo” no espaço nobre do uniforme, em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro. Boa ação do clube mineiro.

Próximos jogos

O Cruzeiro encerra sua melancólica participação da Série B 2021 contra o Náutico, domingo, 28 de novembro, às 16h, no Mineirão. Já o Sampaio Corrêa encara o Avaí, também no domingo, às 16h, na Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

SAMPAIO CORRÊA 1 X 1 CRUZEIRO
Data: 18 de novembro de 2021
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Castelão, São Luis (MA)
Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Gustavo Rodrigues de Oliveira ( ambos de SP)
VAR: Thiago Duarte Peixoto(SP)
Gols: Maurício, aos 11’-1ºT(1-0), Léo Santos, aos 40’-1ºT(1-1)
Cartões amarelos: Thiago (CRU), Rômulo(CRU)
Cartões vermelhos:
Público e renda: 2.293 presentes (pagantes 1.959)/Renda: R$ 28.450

SAMPAIO CORRÈA (Técnico: Brigatti)

Luiz Daniel; Maurício, Alan Godói, Nilson Júnior e Eder Lima; Betinho (Márcio Araújo, aos 21’-2ºT), Ferreira (Baraka, aos 41’-2ºT) e Léo Artur (Gui Campina, aos 34’-2ºT); Roney (Jean Silva, aos 21’-2ºT), Pimentinha e Jackson (Ciel, aos 21’-2ºT).


CRUZEIRO (Técnico:Vanderlei Luxemburgo)

Fábio; Rômulo (Noberto, aos 9’-2ºT), Léo Santos, Eduardo Brock e Jean Victor; Lucas Ventura, Adriano e Giovanni (Marco Antônio, aos 35’-2ºT); Thiago (Flávio, aos 35’-2ºT), Claudinho(Vitor Roque, aos 24’-2ºT) e Felipe Augusto

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários