Daniel Amorim mostra como pode ser útil em 2022, e torcedores do Vasco pedem a permanência do atacante
Lance!
Daniel Amorim mostra como pode ser útil em 2022, e torcedores do Vasco pedem a permanência do atacante


Em meio à frustrante temporada, poucos jogadores do Vasco tiveram destaque e agradaram a torcida. Entre eles, um nome foi pouco aproveitado, mas deu conta do recado todas as vezes em que entrou: Daniel Amorim . O centroavante está na extensa lista de atletas que encerram o contrato no fim do ano, mas muitos torcedores pedem a sua continuidade no elenco em 2022.


Desde 2020, Germán Cano toma conta da posição e tem enfileirado recordes de gols. O argentino sempre demonstrou empenho e conquistou a torcida. A renovação do atleta, no entanto, ainda não foi concluída, e a diretoria vascaína terá trabalho. Ele tem mercado mesmo com os pênaltis decisivos perdidos ao longo desse tempo em que defende a Cruz de Malta.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

A grande incógnita do início da temporada era quem seria o reserva de Cano. Em um duelo com o Tombense, pela Copa do Brasil, Daniel Amorim marcou, e agradou o então diretor executivo Alexandre Pássaro. O jogador mostrou ser um dos poucos acertos do elenco montado pelo ex-diretor vascaíno. Chamado de pirulito por alguns, ele correspondeu em campo indo além de um atacante de área sem recurso.

Diante do Vila Nova, Daniel incomodou não só na bola aérea ao parar na boa defesa de Georgemy, como mostrou qualidade e inteligência. Ao perceber que o arqueiro estava fora do gol, arriscou de muito longe e foi preciso. Marcar por cobertura evidencia outras qualidade do centroavante que pode ser útil e mais utilizado pelo treinador que diretoria escolher.

O atleta tem características que faltaram ao elenco do Vasco em toda Série B. Forte fisicamente, ele incomoda a defesa adversária, atrai a marcação por ter um bom cabeceio. Pode não ser o centroavante ideal para ser titular para alguns, mas foi importante nas vezes em que foi acionado: 21 partidas na temporada.

+ Vasco inicia a venda de ingressos para o jogo contra o Remo; carga total será de 4500 bilhetes

Mesmo assim, só foi titular contra o Vila Nova, pela 36º rodada da Série B. Neste sentido, o atacante participou de 10% dos gols do Cruz-Maltino no campeonato e teve 361 minutos em campo segundo o portal "Transfermarkt". Ele marcou contra o Brasil de Pelotas (2), CSA e a equipe goiana. mas teve um tento anulado contra os gaúchos, em uma decisão polêmica do auxiliar Cipriano da Silva Sousa. Na época, as linhas do VAR não funcionaram na Colina Histórica.

A direção do Vasco promete uma reformulação profunda desde os profissionais do futebol, até os atletas do elenco. Na quarta, Rodrigo Ramos deixou o cargo de Supervisor do Departamento de Futebol. As mudanças no grupo só devem acontecer após o fim da Série B e a chegada de um novo diretor e do treinador que iniciará a temporada 2022.

+ Vasco atinge a marca de 150 jogos na história da Série B; atual campanha acumula recordes negativos

Dos trezes contratados por Alexandre Pássaro, Daniel Amorim foi quem melhor aproveitou as chances e a tendência é que negocie a sua permanência, caso não desperte interesse de outro clube. Desde 2013, o Tombense emprestou o atleta em sequência ao Madureira, Duque de Caxias, Paysandu, Cuiabá, Avaí, CRB e Vasco.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários