Sócios da cativa reclamam de problemas na entrada da Vila e são ouvidos por presidente do Santos
Fábio Lázaro
Sócios da cativa reclamam de problemas na entrada da Vila e são ouvidos por presidente do Santos


Um leve transtorno entre sócios-proprietários de cadeiras cativas na Vila Belmiro marcou o pré-jogo entre Santos e Chapecoense, nesta quarta-feira (17), pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas foi rapidamente contornado pelo Peixe.

Alguns associados reclamaram de recorrentes problemas para entrar no estádio nas partidas do Peixe em casa desde o retorno do público ao Urbano Caldeira.

>> Baixe o novo app de resultados do L!
>> Confira a tabela do Brasileirão


Em contato com a reportagem do LANCE!, os torcedores disseram que as carteiras estavam sendo bloqueadas na entrada do estádio e eles precisavam ir até a secretaria para conseguir uma autorização para entrar no local do jogo. De acordo com os sócios, o procedimento estava tomando de 30 a 40 minutos da entrada.

Entre os torcedores ouvidos, estavam alguns residentes no interior de São Paulo, em cidades como Atibaia e Piracicaba.

Ainda segundo os sócios, os problemas foram relatados à ouvidoria do clube nas últimas semanas, mas não foi resolvido.

Revoltados, alguns torcedores se dirigiram até o camarote presidencial, que contava com a presença do presidente Andres Rueda e outros membros do Comitê Gestor. Eles foram recebidos e ouvidos pelo mandatário santista.

A reportagem também escutou pessoas ligadas a diretoria santista que disseram que assim que o problema foi relatado pela operação do estádio, foi passado para a Futebol Card, que faz a operação das vendas de ingressos e recebido uma devolutiva de resolução do problema.

Todos os ingressos colocados à disposição pelo Santos para o duelo diante da Chape foram vendidos. A carga total se esgotou no fim da tarde desta quarta-feira (17), horas antes da bola rolar.

De acordo com informações obtidas pela reportagem, na primeira hora de acesso ao estádio 1100 pessoas adentraram a Vila Belmiro, mais que o dobro do último jogo realizado no estádio, na última quarta-feira (10), contra o Red Bull Bragantino, onde 519 torcedores adentraram o local do jogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários