Santos não joga bem, mas derrota a Chapecoense
Ivan Sorti/Santos
Santos não joga bem, mas derrota a Chapecoense

Mesmo sem uma grande atuação, o Santos venceu a Chapecoense por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, em Santos, e ficou mais distante da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Os gols do Peixe foram marcados por Marinho, de pênalti, e Marcos Guilherme.

(Veja na galeria abaixo fotos da vitória do Peixe)


Leia Também



Com o resultado, o Peixe chegou a 42 pontos, na 11ª colocação da classificação. Na próxima rodada, domingo, o Peixe faz o clássico contra o Corinthians, na Neo Química Arena.

O jogo

O Santos não teve um bom início de jogo. Lento, sem movimentação, o Peixe não conseguiu pressionar a Chapecoense, que conseguia até controlar a partida. A primeira finalização do Santos saiu apenas aos 14 minutos, com Vinícius Zanocelo arriscando da entrada da área.

O jogo seguiu em ritmo lento até os 26 minutos, quando Jordan fez falta boba em Marinho em cima da linha da área. O árbitro marcou pênalti, foi chamado pelo VAR para rever o lance, mas manteve a decisão. Marinho cobrou a penalidade e fez 1 a 0 para o Santos.

A Chapecoense seguiu controlando o jogo e teve duas boas chances, ambas com o atacante Mike. Aos 38 e aos 45 minutos, o atacante arriscou da entrada da área e o goleiro do Peixe fez boas defesas para segurar o resultado.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo lento, com o Santos sem criatividade para ameaçar a Chapecoense e o time ofensivo sem qualidade para ameaçar o goleiro João Paulo.

Assim como nas partidas contra Fluminense e Red Bull Bragantino, o Santos aproveitou o final do jogo para fazer o segundo gol e matar o jogo. Aos 38 minutos, Gabriel Pirani recebeu na direita e cruzou rasteiro, Marcos Guilherme entrou no segundo pau e empurrou para o gol.

Nos acréscimos, Marcos Guilherme acertou o travessão e quase fez o terceiro.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 0 CHAPECOENSE

Data e hora: 16 de novembro de 2021, às 19h00 (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Gols: Marinho, 26'/1ºT (1-0) e Marcos Guilherme, 38'/2ºT (2-0)
Cartões amarelos: Ângelo (SAN), Jordan e Busanello (CHA)
Público: 11.574 pessoas
Renda: R$ 232.400,00

SANTOS: João Paulo; Pará (Wagner Leonardo, aos 26'/2ºT), Luiz Felipe e Danilo Boza; Madson (Moraes, aos 43'/2ºT), Camacho (Gabriel Pirani, no intervalo), Vinicius Zanocelo, Felipe Jonatan e Marcos Guilherme; Diego Tardelli (Raniel, aos 26'/2ºT) e Marinho (Ângelo, aos 36'/1ºT). Técnico: Fábio Carille

CHAPECOENSE: João Paulo, Ezequiel, Laércio, Jordan e Busanello (Marquinho, aos 27'/2ºT); Moisés Ribeiro (Alan Santos, 27'/2ºT), Anderson Leite e Denner (Lima, aos 10'/2ºT); Mike (Geuvânio, aos 14'/2ºT), Kaio Nunes (Bruno Silva, aos 14'/2ºT) e Henrique Almeida. Técnico: Felipe Endres

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários