Junior Cigano constrói staff jurídico forte com foco em sucesso no boxe
Lance!
Junior Cigano constrói staff jurídico forte com foco em sucesso no boxe


Ex-campeão dos pesos pesados do UFC, Junior Cigano tem novas perspectivas na carreira após fechar contrato com a promotora de boxe S-Jam Boxing.
O brasileiro de 37 anos deixou a organização de MMA em março, após 12 anos e 23 lutas no octógono, e agora segue o mesmo caminho de outros grandes astros, como Anderson Silva e Vitor Belfort.

O advogado Nilo Effori, especialista em Direito Desportivo Internacional e sócio do escritório Effori Sports Law, teve papel decisivo no acordo entre as partes.
Uma conversa entre o profissional e o colega Paulo Romanoschi, que sempre apoiou o Cigano na sua carreira no MMA, aproximou o lutador da S-Jam Boxing.

Nilo é sócio-fundador da Effori Sports Law, e um dos grandes nomes do direto desportivo internacional, sendo o único brasileiro fora do pais a ser nomeado pela revista Who’s who Legal como Thought Leader (entre os melhores) em direito desportivo nos anos de 2021 e já para o ano 2022.

A ideia de uma promotora para auxiliar Cigano a realizar o desejo de se testar entre os grandes nomes da nobre arte foi vista com bons olhos, uma vez que os contratos precisam garantir máxima proteção ao atleta.

- Meu grande amigo e ex-colega de trabalho Adam Morallee (um dos fundadores da S-Jam) possui uma empresa que agencia lutadores de renome no boxe. Foi o casamento perfeito - explica Effori.

- O boxe ainda é um esporte muito aquém de um sistema de regulamentação completo, como é o futebol, por meio da FIFA. A grande maioria dos termos são decididos no contrato. Assim, é essencial que o atleta tenha a melhor proteção possível para evitar problemas - explicou Effori.

No momento, só há um contrato de representação entre Cigano e a S-Jam. Ainda não há previsão de lutas, pois tudo depende de negociações entre a S-Jam e um eventual promotor, o que está sendo avaliado no momento.

- Cigano terá o melhor staff possível, digno de campeão. A S-Jam já representou campeões mundiais, como David Haye e atualmente o Joe Joyce. Minha participação será na parte contratual e suporte negocial - disse o advogado.

Ao anunciar a parceria, Cigano mostrou-se motivado a lutar para ser campeão mundial e bater nomes de expressão da nobre arte, como Anthony Joshua, Deontay Wilder e Tyson Fury.

- Eu me considero um cara do boxe. Agora, quero me testar em uma luta de boxe profissional de verdade - disse o lutador, em entrevista à Sky Sports.

"Quero lutar contra os grandes campeões e vencê-los. Eu quero construir meu caminho para o título - completou o astro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários