Fluminense
Divulgação
Fluminense

Mesmo com a liberação da Conmebol e da prefeitura do Rio, o Fluminense não deverá ter público na partida de ida das quartas de final da Libertadores contra o Barcelona, de Guayaquil. De acordo com informações do portal "globoesporte.com", a diretoria tricolor não tem pressa e planeja com cautela o retorno do público em seus jogos como mandante, devido a pandemia da Covid-19.

O Fluminense poderá enfrentar um adversário com público no jogo de volta no Equador. O vice-presidente do clube, Aquiles Álvarez, declarou à rádio "Cobertura 104.1FM" que solicitou às autoridades locais a liberação para ter público no jogo da volta contra o Fluminense (veja galeria abaixo) , dia 19 de agosto, no Monumental de Barcelona.

Você viu?


Apesar disso, o clube carioca vem mantendo contato com o adversário e de acordo com informações do portal, a diretoria tricolor acredita que dificilmente haverá liberação para público no Equador. A cidade de Guayaquil teve um dos piores surtos da doença no mundo em 2020 e continua com partidas só de portões fechados.

No Rio de Janeiro, a prefeitura liberou na semana passada a presença de público no total de 10% da capacidade do Maracanã (cerca de sete mil pessoas), desde que os torcedores apresentem comprovante da vacinação ou teste negativo para Covid-19 na entrada. O Flamengo adota postura completamente diferente do Fluminense e irá mandar a partida contra o Olimpia em Brasília, por considerar inviável economicamente um público de "apenas" 10% no Maracanã.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários