Marrony garantiu a vitória do Atlético-MG no Recife
Flickr/Atlético-MG
Marrony garantiu a vitória do Atlético-MG no Recife

Em jogo de duas viradas no placar, o Atlético-MG venceu o Sport por 3 a 2 neste domingo (21) na Ilha do Retiro, jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro . Com o resultado, o time mineiro praticamente se garantiu na fase de grupos da Libertadores deste ano.

Os gols foram marcados por Jair, Rafael Thyere, contra, e Marrony, para o alvinegro. Thiago Neves e Dalberto anotaram os tentos do Leão.

Apesar da derrota, o Sport está confirmado na primeira divisão de 2021, pois o Vasco empatou com o Corinthians e o Leão não poderá mais ser alcançado pela equipe carioca. A equipe de Pernambuco está com 42 pontos, na 14ª posição e briga por vaga na Sul-Americana.

O resultado levou o Atlético aos 65 pontos, na terceira posição, e depende apenas de si para evitar a disputa dos mata-matas das primeiras fases da competição sul-americana.

O duelo no Recife foi tenso, sem muito brilho do Galo, que voltou a falhar na defesa. Porém, para o time mineiro valeu pelos três pontos após o gols salvador de Marrony.

Dois gols do Galo nos minutos iniciais

O Atlético-MG teve competência e sorte de marcar seus gols logo no início do primeiro e do segundo tempo. Os tentos alvinegros foram anotados aos 4 minutos da etapa inicial, com Jair, e aos 6 do segundo tempo, com Rafael Thyere, contra, após chute de Guilherme Arana.

Boa volta de Keno

Mesmo sem o ritmo ideal de jogo, Keno mostrou que é o diferencial mais decisivo do ataque atleticano. Teve boa movimentação, perdeu duas chances, mas a dinâmica de jogo com ele em campo é outra na equipe mineira.

Defesa continua frágil

O gol de Dalberto, aos 32 minutos do primeiro tempo, foi mais uma demonstração de como o setor defensivo do Galo ainda peca em momentos importantes do jogo. O atacante do Sport entrou sem marcação na área alvinegra entre Arana e a zaga. Um “buraco” que o jogador do Leão aproveitou para anotar o tento do time pernambucano.


CONFIRA A RETA FINAL DO BRASILEIRÃO EM NOSSA TABELA DINÂMICA

Sampaoli fora da última rodada

A despedida do técnico do Galo parece ter sido antecipada pelo próprio treinador, ao receber o terceiro cartão amarelo, ficando suspenso do jogo contra o Palmeiras, na quinta-feira, no Mineirão. O treinador seguiu bravo contra a arbitragem e acabou sendo expulso. Invadiu o campo e tentou brigar com o árbitro Rodolpho Toski Marques.

Pênalti bobo, gol de Thiago Neves e Sport na elite


A vitória alvinegra escapou por uma penalidade tola cometida por Marrony, que precisou ser revisto pelo VAR.Thiago Neves marcou. Mesmo perdendo, o Sport está garantido na primeira divisão nacional em 2021.

Jogo ficou tenso no final

O duelo entre mineiros e pernambucanos ficou brigado na parte final do jogo, com muitas reclamações e jogadas mais ríspidas.

Gol salvador de Marrony e vaga na Liberta bem perto

O empate no Recife seria um mau resultado para o Galo. A salvação da jornada foi graças ao atacante Marrony, que acertou um belo chute e evitou a perda dos três pontos do alvinegro, aos 50 minutos do segundo tempo. O Atlético precisa apenas de seus esforços para confirmar a ida à fase de grupos da Libertadores. O jovem avante foi de vilão a herói do jogo em poucos minutos.


Próximos jogos

Na rodada final do campeonato, o Galo encara o Palmeiras, na quinta-feira, 25 de fevereiro, às 21h30, no Mineirão. Já o Leão joga no mesmo dia e horário dos mineiros, mas contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada.


FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

SPORT-PE 2 X 3 ATLÉTICO-MG
Data e horário: 21/02/2021, às 16h
​Local: ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro:Rodolpho Toski Marques(PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Ronaldo Henrique (SPO), Marcão Silva (SPO), Eduardo Sasha (ATL), Sampaoli (TÉC ATL), Dalberto (SPO), Arana (ATL), Marrony(ATL), Gustavo Oliveira (SPO), Junior Alonso(ATL)
Cartão vermelho: Sampaoli (TÉC ATL)
Gols: Jair, aos 6’-1ºT(1-0), Dalberto, aos 32’-1ºT(1-1), Rafael Thyere (contra), aos 4’-2ºT (1-2), Thiago Neves (pênalti), aos 41’-2ºT(2-2), Marrony, aos 50’-2ºT(2-3)

SPORT-PE (Técnico: Jair Ventura)

Luan Polli; Patric, Adryelson, Rafael Thyere, Chico (Ewerthon, aos 17’-2ºT) e Júnior Tavares; Marcão Silva (Luciano Juba, aos 32’-2ºT), Ronaldo Henrique (Márcio Araújo-intervalo), Thiago Neves e Marquinhos (Gustavo Oliveira, aos 32’-2ºT); Dalberto (Pedrão, aos 47’-2ºT)

ATLÉTICO-MG (Técnico: Jorge Sampaoli)
Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair (Zaracho, aos 32’-2ºT), Allan, e Calebe (Alan Franco, aos 14’-2ºT); Savarino, Keno(Marrony, aos 14’-2ºT) e Eduardo Sasha(Vargas, aos 24’-2ºT).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários