undefined
Venê Casagrande
Flamengo joga bem e vence o Athletico Paranaense no Maracanã

Em tarde fria no Rio de Janeiro, o Flamengo esquentou a temperatura no Maracanã e bateu Athletico , pela 13ª rodada do Brasileirão , e segue firme na busca pela liderança da tabela. Os gols foram marcados por Pedro, Bruno Henrique e Everton Ribeiro. Renato Kayser descontou para o Furacão.


O primeiro tempo começou agitado. Logo no início, Hugo Neneca saiu errado os pés e entregou a bola para Alvarado, que encheu o pé e mandou na trave direita do goleiro. A segunda jogada de perigo também foi do Furacão. Aos 13, Abner aproveitou sobra de bola e chutou para boa defesa do arqueiro rubro-negro carioca.

Aos 22, aconteceu o lance polêmico do jogo. Gabriel Noga deu carrinho em Carlos Eduardo, e o árbitro Rodrigo Dalonso marcou a penalidade. Porém, após quatro minutos de análise ao Var, o dono apito deu falta fora da área e cartão amarelo para o zagueiro do Flamengo. Depois deste lance, o Rubro-Negro carioca melhorou no jogo e quase marcou, após bonita cobrança de falta cobrada de Arrascaeta, que Santos defendeu com uma bela ponte.

O último lance de perigo no primeiro tempo foi para o Furacão, depois de mais uma bobeada de Hugo Neneca. O goleiro saiu jogando mal, e Kayzer tentou cabecear para o gol, mas ela vai pela linha de fundo.

Para a segunda etapa, Jordi Gris, que comandou o time porque Domènec e Jordi Guerrero estão afastados por conta da Covid-19, promoveu uma mudança que mudaria a cara do Flamengo: saiu Vitinho, que ficou apagado nos 45 minutos iniciais, e entrou Everton Ribeiro. O camisa 7, logo no primeiro minuto, já obrigou Santos a fazer uma ótima defesa. No lance seguinte, o goleiro do Furacão nada pôde fazer. Após bola espirrada, Pedro dominou com muita qualidade e finalizou para abrir o placar.

E não parou por aí. O jovem Léo Gomes tocou com a mão na bola dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti paro Flamengo. Bruno Henrique pegou a bola e bateu bem para ampliar para o Rubro-negro carioca. Esse foi o terceiro gol do camisa 27 em dois jogos.

Alguns minutos depois, o Athletico conseguiu diminuir, com Renato Kayser. Após cobrança de falta, o atacante se antecipou à zaga e cabeceou firme. Quando o Furacão ameaçava uma reação, o Flamengo fechou o caixão com Everton Ribeiro, em chute de fora da área, com a bola desviando e traindo o goleiro Santos.

    Veja Também

      Mostrar mais