Lance

mané
Divulgação / Liverpool
Mané marcou os gols da vitória do Liverpool em cima do Chelsea

O Liverpool foi melhor durante boa parte do jogo, mas aproveitou a expulsão de Christensen no fim do primeiro tempo e liquidou a partida com dois gols de Mané para vencer o Chelsea por 2x0. Na metade da etapa final, o meia Thiago Alcântara, que estreou nesta partida, cometeu um pênalti em Timo Werner, mas Alisson pegou.

O primeiro gol do Liverpool saiu aos quatro da etapa final, em cruzamento de Firmino para Mané completar linda jogada. Aos nove, o senegalês aproveitou falha grave de Kepa na saída de bola para ampliar. Com o resultado, os Reds chegam ao 3º lugar, com seis pontos em dois jogos. O Chelsea permanece com três, na 10ª posição.

INÍCIO MELHOR DO LIVERPOOL
O Liverpool começou em cima: a primeira chance foi com Wijnaldum, e não demorou muito para Salah levar novo perigo ao Chelsea; Kepa saiu mal do gol e foi driblado pelo egípcio, mas a zaga dos Blues tirou em cima da linha.

O lance de mais perigo do time da casa saiu em bola de Havertz - que parecia em posição irregular - para Timo Werner. O alemão saiu na cara de Alisson, mas completou mal demais e mandou para fora.

CHRISTENSEN EXPULSO
No final do primeiro tempo, Mané sairia na cara do gol em boa arrancada após lançamento de Henderson, mas foi agarrado por Christensen. Em um primeiro momento, o árbitro deu cartão amarelo, mas mudou a decisão após consulta ao VAR e expulsou o defensor dos Blues. Na falta, Alexander-Arnold fez a bola passar perto do gol de Kepa.

LIVERPOOL A MIL POR HORA NA ETAPA FINAL
O Liverpool começou amassando o Chelsea na defesa no segundo tempo. E aos quatro minutos, em linda jogada coletiva, Mané recebeu cruzamento de Firmino na pequena área e testou para as redes, abrindo o placar.

Logo na sequência, Kepa recebeu a bola dentro da pequena área, mas ficou apertado pela marcação. Ao tentar passe para Jorginho, não esperava que Mané fosse mais rápido. O senegalês roubou a bola, só dominou e tocou para o gol: 2x0 com nove minutos.

ESTREANTE THIAGO COMETE PÊNALTI, MAS ALISSON SALVA
No meio da etapa final, o Chelsea reagiu. Werner foi cercado na área e acabou atropelado por Thiago - o juiz foi ao VAR verificar se havia impedimento, mas deu o pênalti. Na cobrança de Jorginho, Alisson foi no canto certo e defendeu. O Chelsea ainda tentou chegar com perigo e exigiu trabalho de Alisson, mas não conseguiu diminuir o prejuízo.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Liverpool enfrenta outro osso duro: o Arsenal, no dia 28 (segunda-feira). O Chelsea viaja para enfrentar o West Bromwich, no sábado (26).

    Veja Também

      Mostrar mais