Lance

Lance


Depois de exercerem um certo caráter de pioneirismo ao retomarem os treinos presenciais tomando alguns cuidados mediante o cenário ainda bastante presente da pandemia, a dupla Grêmio e Internacional deve ter de retornar a situação de treinos com cada atleta em seu ambiente.  

Leia também: Luxemburgo destaca mortos por coronavírus e coloca futebol em segundo plano

Grêmio e Inter já tinham voltado para os treinos
Reprodução
Grêmio e Inter já tinham voltado para os treinos



Isso porque o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, disse em entrevista coletiva por videoconferência que um decreto entrará em vigor na próxima segunda-feira (11) que coloca a região de Porto Alegre em caráter onde entidades esportivas estão proibidas de funcionar.

Leia também: Com atletas contaminados, Flamengo fecha acordos para fazer testes de Covid-19

A lida das autoridades gaúchas com o vírus tem sido com base na divisão do estado em 20 regiões diferentes (Regiões de Saúde) recebendo, cada uma delas, uma classificação específica mediante a quantidade de infectados: amarelo (risco baixo), laranja (risco médio), vermelho (risco alto) e preto, onde há risco altíssimo.

No caso da capital, por estar no grupo de regiões classificadas como laranja, as entidades esportivas devem ficar fechadas para prevenir aglomerações que propiciem um ambiente ideal para a proliferação de Covid-19 .

Leia também: Santos coleciona vários processos na FIFA por atraso de pagamentos

- A rigor, com o novo decreto, os treinos deverão estar restritos. O decreto é sobre funcionamento do clube esportivo, e o funcionamento estará vedado nestas condições. Na bandeira laranja, a determinação é que se suspenda as atividades em clubes esportivos. Só podendo funcionar na bandeira amarela, o que deverá acarretar a suspensão das atividades dos treinos nos clubes esportivos - disse o governador.

    Leia tudo sobre: futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários