Lance

Lance

Dudu Monsanto
Divulgação
Dudu Monsanto

A 71ª Vara do Trabalho deu razão ao jornalista Dudu Monsanto, que movia um processo trabalhista contra a ESPN Brasil, onde trabalhou entre 2014 e 2018. O profissional perdia indenização por reconhecimento de vínculo empregatício, entre outras questões. O juiz Ítalo Menezes de Castro alegou que Dudu teve sim um vínculo empregatício muito claro com a empresa. A informação é do portal UOL.

Monsanto pedia cerca de R$ 1,5 milhão de indenização por reconhecimento de vínculo empregatício, entre outras questões. O vínculo foi comprovado por testemunhas do caso e pela documentação anexada ao processo, como as apresentações de programas. O juiz Ítalo Menezes de Castro ordenou o pagamento de R$ 550 mil, isso porque ele julgou improcedente os gastos que Dudu Monsanto teve ao se tornar pessoa jurídica. 

Entre 2004 e 2018, Dudu Monsanto apresentou programas como "Bola da Vez", "Sportscenter", "Bate Bola" e o "Pontapé Inicial". O jornalista também trabalhou nas coberturas dos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), Londres (2012) e Rio de Janeiro (2016), além das Copas do Mundo da Alemanha (2006), África do Sul (2010) e Brasil (2014). Atualmente, Dudu trabalha na DAZN.

    Veja Também

      Mostrar mais