Lance

Lance


Sacha e Sánchez
Ivan Storti/Santos FC
Sacha e Sánchez, os responsáveis pelos gols do Santos contra o CSA neste domingo pelo Campeonato Brasileiro

O Santos venceu o CSA por 2 a 0, na Vila Belmiro , neste domingo, e impediu com que Flamengo e Palmeiras se isolem na ponta do Brasileirão.

O Peixe dominou a partida e garantiu o resultado sem levar sustos. Sánchez e Eduardo Sasha marcaram para o time da Vila. Lucas Veríssimo foi expulso no fim da partida.

Com gol de Ralf, Corinthians joga o suficiente, bate o Vasco e entra no G4

Com a vitória, o Santos alcançou os 41 pontos no Brasileirão e se prepara para enfrentar o Vasco, no próximo sábado, às 17h, em São Januário. O CSA vai encarar o Avaí, no próximo domingo, em casa.

Sonolento

O início de jogo na Vila Belmiro foi sonolento. Os times se estudaram e o jogo ficou muito preso no meio-campo. A primeira chance real de gol foi do Santos, aos 27 minutos, com Sánchez na bola parada. O meia cobrou um escanteio fechado, Naldo desviou de cabeça e por pouco não marcou contra.

Pênalti!

O Santos se animou e foi em busca do primeiro gol. Soteldo , que estava errando muito no início da partida, fez uma linda jogada individual limpando dois jogadores mas acabou sendo travado antes de finalizar.

A bola sobrou para Eduardo Sasha, que soltou a bomba e a bola explodiu na mão do volante Naldo dentro da área. Aos 34, Sánchez cobrou o pênalti com categoria e colocou goleiro de um lado e bola do outro para abrir o placar.

Peixe voltou animado

O Santos voltou do intervalo controlando a partida e rapidamente mostrou que iria ampliar o placar. Logo aos 8 minutos do segundo tempo, Jorge recebeu sozinho e avançou em direção ao gol de Jordi.

O lateral soltou uma Bomba e obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa . Três minutos depois, o Peixe marcou o segundo. Após uma cobrança de escanteio, Evandro desviou de cabeça e Eduardo Sasha marcou de cabeça para fazer 2 a 0 para o time da Vila.

Expulso!

O Santos tocava bola com tranquilidade e deixava o tempo passar esperando o fim da partida. Aos 32, Lucas Veríssimo foi imprudente e subiu com o braço no rosto do jogador do CSA.

O zagueiro levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Apesar de ficar com um jogador a mais, o CSA não teve poder de reação e a partida terminou 2 a 0 para o Peixe.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários