Tamanho do texto

Torcida não para de incentivar e vibra muito a cada marcado pelo time comandado pelo espanhol Jordi Ribera

Estadão Conteúdo

A seleção brasileira masculina de handebol começou com vitória neste domingo, por 34 a 32 sobre a Polônia, a campanha no difícil Grupo B dos Jogos do Rio. Na Arena Futuro lotada, a torcida participou bastante da partida e ajudou a equipe nacional a bater a terceira colocada no último Mundial, em 2015, principalmente pela atuação segura no segundo tempo, quando até o goleiro Maik Santos marcou um gol em um arremesso da própria área.

Acompanhe o tempo real do Jogos do Rio 2016

A pequena presença de poloneses nas cadeiras do ginásio, localizado no Parque Olímpico da Barra, foi insignificante perto da grande aparição da torcida. Os brasileiros gritaram bastante desde o início e a cada gol do time comandado pelo espanhol Jordi Ribera. O Brasil começou bem, abriu 4 a 0 logo no início e soube administrar a vantagem principalmente pela boa atuação defensiva.

Seleção brasileira de handebol estreou com vitória sobre a Polônia
Reprodução/Twitter
Seleção brasileira de handebol estreou com vitória sobre a Polônia

O primeiro tempo acabou com vitória de 16 a 13, vantagem que aumentaria na etapa seguinte, ao chegar a seis gols. Somente a quatro minutos do fim a Polônia conseguiu se ajeitar em quadra e pressionar. A dois minutos para acabar, a diferença ficou somente em três gols, quando o técnico do Brasil pediu tempo. A interrupção serviu para o time reagir e ainda administrar o placar. No fim, os jogadores gastaram alguns minutos para agradecer o apoio da torcida.

Leia:  Evandro e Pedro Solberg perdem na estreia no vôlei de praia no Rio

O resultado é de grande importância para auxiliar o Brasil a se classificar à fase seguinte. Dos seis times em grande grupo, quatro passam para as quartas de final. Na mesma chave da equipe da casa estão a Suécia, vice-campeã olímpica em Londres, em 2012, e a Alemanha, campeã europeia deste ano. As duas seleções se enfrentarem mais cedo neste domingo, com vitória alemã por 32 a 29.

"Para nós é importante ganhar, não pelo fato de ser contra um europeu, mas por ser um passo para seguir em um objetivo. Isso é importante, mas acho que mais importante é a classificação", explicou o técnico da equipe, o espanhol Jordi Ribera. Dos seis integrantes do grupo, os quatro primeiros vão avançar às quartas de final.

Também estão no grupo Egito e a Eslovênia, que será a adversária seguinte do Brasil. A segunda rodada será na terça-feira. A partida está marcada para as 16h40. Já a Polônia vai enfrentar a Alemanha.