Publicidade
Publicidade - Super banner
Vôlei
enhanced by Google
 

Brasil poupa titulares e sofre para vencer a China

Após bela vitória contra a Rússia, seleção de vôlei tem atuação irregular e derrota seleção asiática no tie-break

iG São Paulo |

Divulgação/FIVB
Com equipe cheia de reservas, Brasil tem dificuldades para vencer a China
A seleção masculina de vôlei não conseguiu repetir a bela atuação contra a Rússia na última rodada e sofreu para vencer a China por 3 sets a 2 na Copa do Mundo de Vôlei, realizada em Kumamoto, no Japão.

Veja mais: Bernardinho diz que jogar com time reserva não foi soberba

Com uma equipe recheada de reservas, o Brasil teve uma atuação irregular e precisou do tie-break para vencer o time asiático. A vitória por esse placar dá apenas dois pontos à seleção brasileira e rebaixa a equipe para a terceira colocação na tabela, atrás de Polônia e Rússia, respectivamente.

Leia ainda: Vencer Rússia foi passo importante, diz Bernardinho

O técnico Bernardinho resolveu dar folga aos seus principais jogadores e escalou vários reservas no confronto contra os chineses. Dos titulares, apenas Murilo e Serginho foram mantidos na equipe e o Brasil entrou na quadra com a seguinte formação: Bruninho, Rodrigão, Théo, Gustavo, Murilo, João Paulo Bravo e o líbero Serginho.

O jogo
Sem conseguir sacar bem, o Brasil não se encontrou em quadra no primeiro set da partida e foi derrotado por 25 a 23. Porém, a derrota na primeira parcial fez o time acordar e entrar com outro espírito no set seguinte. A seleção de Bernardinho encaixou belos serviços e conseguiu abrir uma boa vantagem, empatando a partida com uma parcial tranquila de 25 a 10.

O terceiro set começou equilibrado, mas o Brasil logo tomou a dianteira no marcador e fechou a parcial em 25 a 18. Quando a seleção tinha tudo para fechar a partida e garantir os três pontos na tabela veio um novo apagão e a China venceu o quarto set por 25 a 19.

O Brasil acordou de vez no tie-break e não deu chances para a equipe asiática. O time de Bernardinho derrotou o adversário por 15 a 8 na parcial final e fechou a partida em suados 3 sets a 2.

Para a disputa da terceira fase da Copa do Mundo de Vôlei, o Brasil segue para Hamamatsu, onde enfrentará as seleções da Argentina, Cuba e Sérvia.

Leia tudo sobre: vôleicopa do mundo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG