A maratona de provas custou a Cielo a derrota neste sábado para seu companheiro do Flamengo. Porém, ele festejou mais um índice para o Mundial da Turquia em piscina curta

Agência Estado

Desgastado pela maratona de provas que disputou nos últimos dias, Cesar Cielo foi superado por Nicholas Santos na final dos 50 metros borboleta do Troféu José Finkel de Natação, neste sábado à noite, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo. O nadador do Flamengo ficou em segundo lugar ao cravar o tempo de 22s40, enquanto o seu companheiro de clube levou o ouro com a marca de 22s22.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nicholas Santos derrotou Cesar Cielo na final dos 50 m borboleta do Troféu José Finkel
Divulgação/Agif
Nicholas Santos derrotou Cesar Cielo na final dos 50 m borboleta do Troféu José Finkel

Embora tenha sido derrotado, Cielo teve como consolo neste dia final da competição ao menos o fato de que obteve índice nesta prova para o Mundial de Piscina Curta em Istambul, na Turquia, que será realizado em dezembro. Já a medalha de bronze dos 50 metros borboleta ficou com Kaio Márcio Almeida, do Fluminense, que cronometrou 22s94.

Veja também: Thiago Pereira encerra ciclo olímpico satisfeito: “Me dou nota dez”

Cielo também pôde comemorar o fato de que foi eleito o melhor nadador desta edição do José Finkel, no qual bateu o recorde do campeonato nos 50 metros livre ao cravar 20s59, o melhor tempo do mundo no ano em piscina curta. Além disso, ele ainda faturou outros três ouros na competição - nos 100 metros livre e nos revezamentos 4x50 m e 4x100 m livre.

Já na versão feminina dos 50 metros borboleta, a vitória ficou com Inge Dekker, do Minas, com o tempo de 25s65, enquanto Marieke Gueher, do Flamengo, faturou a prata ao marcar 25s72. Já Daynara de Paula, também do Flamengo, levou o bronze ao cronometrar 26s00 cravado, mas o tempo não foi suficiente para garanti-la no Mundial de Istambul, já que o índice é de 25s80 nesta prova.

Ouro e índice

Guilherme Guido venceu neste sábado a final dos 100 metros costas do José Finkel ao cravar 50s57, conseguindo ainda com sobra o índice para o Mundial, que é de 50s98. O nadador do Pinheiros ganhou o ouro com um tempo quase um segundo mais veloz do que o de Daniel Orzechwski (51s48), o segundo colocado, enquanto Leonardo de Deus (52s43) ficou com o bronze.

Nesta prova entre as mulheres, Fabíola Molina levou o ouro com o tempo de 58s88, deixando em segundo lugar Kelly Subbins, antes a mais rápida na semifinal. Etiene Medeiros completou o pódio. Fabíola, porém, não conquistou o índice para o Mundial.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.