Cornerback da franquia nova-iorquina se envolveu em um discussão nas ruas de Pittsburgh com dois homens de 22 e 21 anos no último final de semana

Darrelle Revis, do New York Jets, foi acusado de cometer quatro crimes após se envolver em discussão
Divulgação
Darrelle Revis, do New York Jets, foi acusado de cometer quatro crimes após se envolver em discussão

O cornerback do New York Jets, time da NFL, a liga norte-americana de futebol americano, Darrelle Revis, está sob investigação após incidentes na cidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia. O jogador é acusado de cometer quatro crimes, além de mau comportamento pela polícia local. O caso aconteceu no último final de semana, mas as acusações foram feitas somente na última quinta-feira.

LEIA MAIS: Você faria uma tatuagem do rosto de Tom Brady no bumbum? Teve gente que fez!

Darrelle Revis foi acusado de cometer duas agressões, um assalto e ameaça terrorista. Além disso, de acordo com testemunhas, dois homens ficaram inconscientes. O cornerback do Jets ainda não se apresentou à polícia.

Segundo o departamento de segurança pública da cidade, a polícia foi acionada por volta das 2h43 horário local (5h43 horário de Brasília), para ajudar em uma ocorrência onde dois homens, de 22 e 21 anos, estavam desacordados. Ao chegarem no local, os policiais ouviram das vítimas que o atleta e um outro homem - não identificado - os agrediu.

LEIA MAIS: Zoológico de Atlanta perde aposta e batiza filhote de barata de "Tom Brady"

A versão da polícia diz que o homem de 22 anos viu uma pessoa que parecia Darrelle Revis e questionou o jogador para confirmar a identidade. Ao perceber que se tratava do craque do Jets, o homem pegou seu celular e conseguiu filmar o atleta enquanto o seguia na rua.

Foi quando o cornerback tomou o celular do homem e eles começaram a discutir. Neste momento, o outro homem tentou ajudar a recuperar o celular, enquanto outra pessoa estava ao lado de Revis. Os oficiais assistiram ao vídeo e confirmaram que se tratava do jogador.

LEIA MAIS: O que o torcedor faz após assistir ao Super Bowl? Vai ver pornografia

Depois da briga, os homens ficaram inconscientes por cerca de dez minutos e o celular foi atirado pelo jogador no meio da rua. O advogado do astro defendeu seu cliente e disse que ele apenas se defendeu.

"Pelo que entendo, Darrelle se virou e não sabia se era um celular ou uma arma. Ele deixou o local, e os caras estavam falando o nome dele. Foi quando viu o objeto e não sabia se estava sendo roubado ou algo assim. Ele temeu por sua segurança, foi a vítima de tudo isso", afirmou.

O time de Nova York confirmou que já sabe da situação e que entrou em contato com o jogador. O porta-voz da NFL, Brian McCarthy, disse que que a liga já monitora a situação e Revis pode sofrer uma punição disciplinar.

Carreira

Darrelle Revis é um dos mais conhecidos defensores da história da liga. Ele está no Jets desde 2015, após passar um ano no Tampa Bay Buccaneers e New England Patriots, onde venceu o Super Bowl XLIX. Em Nova York, no entanto, seu futuro é incerto, já que ele não conseguiu recuperar o nível de anos anteriores, quando era considerado o melhor cornerback da NFL. Seu contrato de 70 milhões de dólares (R$ 217 milhões) vale até 2020.