Anderson Silva dá show com nocaute em festa brasileira no UFC Rio

Torcida vibra com vitória, mas alfineta campeão com gritos contra o Corinthians

Hilton Mattos e Rodrigo Farah, no Rio de Janeiro | 28/08/2011 00:04

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Um campeão imbatível no topo do UFC e uma torcida à altura do melhor lutador do planeta. Anderson Silva deu um show no UFC Rio e derrotou o japonês Yushin Okami com um nocaute no segundo round para manter o cinturão dos médios. Com isso, ele justificou o status de novo ídolo nacional e fechou a festa de vitórias verde-amarelas na Arena HSBC.

“Treino com os melhores do mundo. O Cigano me dá soco na cara o tempo todo e eu treino muito”, celebrou enquanto ouvia berros de “Corinthians, vai tomar no c... ” de parte dos fãs.

“Vou imortalizar aqui um dizer do Capitão Nascimento: ‘Senhores, nunca serão! Jamais serão!”, completou o atleta, mencionando fala do protagonista do filme "Tropa de Elite".

Ao contrário do que fez em seus dois últimos combates, o Aranha caminhou até o octógono sem a presença de Steven Seagal. Mas a ausência do astro norte-americano não mudou em nada a performance do brasileiro.

Quando o duelo começou, Anderson Silva ocupou o lado de fora do octógono e ficou apenas à espera dos ataques do japonês. Depois, ambos ficaram presos no clinch até o Aranha encaixar um bom chute de esquerda nos últimos segundos do round.

<span>Brasileiro observa adversário pouco antes de iniciar show</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva se concentra antes de combate com Okami</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <strong>Publicidade</strong> <span>Yushin Okami entrou cofniante no octógono</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva escolheu a hora de acabar com a luta</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>A esquiva de Anderson Silva chega a impressionar</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson derrubou Okami com socos na cara</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva também acertou chutes na costela de Okamia</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Okami nem viu de onde veio o golpe</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva escolheu como acabar com a luta diante de Okami</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>No chão, Anderson apagou o japonês</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva comemora vitória com largo sorriso</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva saltou do octógono para comemorar</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson Silva vestiu a camisa do Corinthians no octógono</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Público vibra com vitória de Anderson Silva</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Anderson mantém, mais uma vez, o cinturão dos médios</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Minotauro também sofreu golpes de Schaub, mas resistiu</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Minotauro acerta soco que faz Brendan desabar</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Minotauro derrotou Brendan Schaub com nocaute empolgante</span> - <strong>Foto: Agência Estado</strong> <span>Minotauro comemora vitória em cima de Brendan Schaub</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Edson Barboza acertou chute rodado em Pearson</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Ross Pearson teve face completamente modificada após luta com Edson Barboza</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Griffin já caiu sem rumo após sofrer golpe de Shogun</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Maurício Shogun venceu Griffin com nocaute técnico no 1º round</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Maurício Shogun venceu Forrest Griffin com nocaute no 1º round</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Banha perdeu de búlgaro e foi único brasileiro derrotado em casa por estrangeiro</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Nedkov vibra com a vitória</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Nedkov encaixou bons socos em Banha</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong>

O assalto seguinte começou com Anderson bem mais solto. Absolutamente confiante, o campeão baixou a guarda e derrubou o rival com um jab. Depois, voltou a derrubar Okami com outra rápida combinação. O japonês ainda fez o máximo para se defender, mas o Aranha continuou com os golpes até que o juiz interrompesse o combate.

O triunfo do brasileiro coroou uma noite cheira de vitórias verde-amarelas – sete no total contra apenas uma derrota para estrangeiros. Isso motivou o público ainda mais a transformar a Arena HSBC em um caldeirão, de maneira que não se via há muito tempo no UFC.

Até mesmo o presidente Dana White se rendeu à festa brasileira e classificou os torcedores como os mais fanáticos de todos. “A torcida mais alta em qualquer evento do UFC nos últimos dez anos de eventos. O lugar já estava cheio na primeira luta como se fosse o evento principal. É insano! É uma loucura”, esbravejou o presidente pelo twitter.

Foto: Getty Images

Anderson Silva comemora vitória com largo sorriso

Esta foi a 14ª vitória consecutiva do Aranha na franquia e a décima defesa do cinturão, recordes absolutos do UFC. Além disso, o paulista chegou ao nono nocaute superando seu último algoz – Okami levou a melhor sobre o paulista em um polêmico duelo em janeiro de 2006, vencido por desclassificação após um chute ilegal de Anderson.

Agora, resta saber quem ainda tem condições de ameaçar o reinado do brasileiro. O próximo rival do Aranha pode sair do combate entre o próprio Chael Sonnen e Brian Stann em outubro. Outras possibilidades são Dan Henderson, campeão dos meio-pesados do Strikeforce, e até mesmo Vitor Belfort em uma revanche futura.

Veja todos os resultados do UFC Rio:

Card principal
Anderson Silva (BRA) venceu Yushin Okami (JAP) por nocaute no 2º round
Mauricio Shogun (BRA) venceu Forrest Griffin (EUA) por nocaute no 1º round
Edson Barboza (BRA) venceu Ross Pearson (ING) por pontos
Rodrigo Minotauro (BRA) venceu Brendan Schaub (EUA) por nocaute no 1º round
Stanislav Nedkov (BUL) venceu Luiz “Banha” Cane (BRA) por nocaute no 1º round

Card preliminar
Thiago Tavares (BRA) venceu Spencer Fisher (EUA) por nocaute técnico no 2º round
Rousimar ‘Toquinho’ Palhares (BRA) venceu Dan Miller (EUA) por pontos
Paulo Thiago (BRA) venceu David Mitchell (EUA) por pontos
Raphael Assunção (BRA) venceu Johnny Eduardo (BRA) por pontos
Erick Silva (BRA) venceu Luis Ramos (BRA) por nocaute no 1º round
Iuri Marajó (BRA) venceu Felipe Sertanejo (BRA) por pontos
Yves Jabouin (CAN) venceu Ian Loveland (EUA) por pontos

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


24 Comentários |

Comente
  • caroline | 28/08/2011 18:10

    Isso é realmente um absurdo, tanta violencia, só por um pouco de grana. Com essa saude vai procurar trabalho. Na onda gringa, sai dessa meu! Basta de violencia.\nNão quero isso para meus filhos.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • GILBERTO DE BELFORD R.DE BRITT | 28/08/2011 17:50

    Aproveito esta oportunidade ímpar,para parabenizar todos os lutadores, especialmente os brasileiros, pelo belo espetáculo que proporcionaram. Mando um abraço especial para a LENDA brasileira, MINOTAURO, com essa raça brasileira não consigo vislumbrar oponentes, e para o ANDERSON, O LUTADOR MAIS QUE PERFEITO, suas VITÓRIAS dizem tudo.\n\nOBRIGADO, E UM FORTE ABRAÇO PARA TODOS.\nGILBERTO DE BELFORD RODRIGUES DE BRITTO.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • Antonio Cubissimo | 28/08/2011 15:25

    Futebol é futebol, luta é luta, sou palmeirense mas nao misturei as coisas, se o Anderson treina no corinthians ou sei la o que, merito do corinthians. Se fosse flamenguista os cariocas estariam ovacionando o time.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • luis campos | 28/08/2011 14:58

    sinceramente, só existe dois tipos de lutas que, eu torço fervorosamente, ou seja: a luta pela PAZ e, a luta para acabar com a FOME no mundo. o resto é como rinha de galo. é pura estupidez. isso tem quer se banido do nosso meio.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • henrique | 28/08/2011 14:42

    Corinthians ...ame ou deixe-o..!!

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • sebastiana | 28/08/2011 14:30

    Nao entendo de lutas mas olha a estrutura do japonesinho. Dá dó. Alias nao sei porque existem essas lutas, pessoas que gostam de apanhar, de bater, etc...

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • Mário | 28/08/2011 14:25

    Ontem foi dia de preparar e comer uma costela assada em fogo de chão. Acho que é uma boa pedida e todos deveriam se permitir.\n\nMário

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • felipe guedes | 28/08/2011 14:24

    Sempre seremos. Para sempre seremos: O país do futebol, do carnaval e do MMA.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • miro | 28/08/2011 14:23

    esse anderson silva luta demais incrivel

    Responder comentário | Denunciar comentário
  • darlisson daniel | 28/08/2011 14:22

    gostei e vibrei muito com o aranha, mas não gostei dessa camisa, sou flamenguista e apoio a torcida que o vaiou. Claro somente vaias isso que é bom para os esportes, violencia não MENGÃO CAMPEÃO.

    Responder comentário | Denunciar comentário
  1. Anterior
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Próxima

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




*Campos obrigatórios

"Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo