Por doping, Anderson Silva tem R$ 16 milhões bloqueados pelo UFC, diz revista

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-campeão dos médios receberia 6 milhões de dólares após a luta contra Diaz, mas valor foi bloqueado até que aconteça o julgamento do caso, previsto para o dia 17 de fevereiro

Anderson Silva e Nick Diaz foram flagrados no doping
Getty Images
Anderson Silva e Nick Diaz foram flagrados no doping

A revelação do doping de Anderson Silva não manchou apenas a imagem do brasileiro perante fãs do MMA ao redor do mundo. O bolso do ex-campeão dos médios também está sendo prejudicado.

Leia mais: Brasileiros acreditam que Anderson Silva é culpado por doping, diz pesquisa

Segundo o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, Anderson Silva teve os 6 milhões de dólares, cerca de R$ 16,2 milhões, que receberia após a luta contra o americano Nick Diaz bloqueados pelo Ultimate.

Confira ainda: UFC defende testes surpresa e aumenta caça ao doping, mas arranha a reputação

De acordo com a publicação, a bolsa seguirá congelada até que aconteça o julgamento sobre o caso, previsto para o dia 17 de fevereiro. Logo depois de sua vitória diante Diaz, foi anunciado que o brasileiro receberia uma bolsa de 800 mil, aproximadamento R$ 2,1 milhões, mas os valores não incluem as cifras extras pagas pelo UFC e sua participação nas vendas de pay-per-view. 

Anderson foi flagrado em teste surpresa realizado no dia 9 de janeiro, quase um mês antes de sua contra Nick Diaz. O exame mostrou a presença das substâncias Drostanolona e Androsterona. O resultado da sua luta diante do americano deve ser modificado para no-contest (sem resultado) e o brasileiro pode pegar uma suspensão de nove meses até um ano dos octógonos.

Veja fotos da luta entre Anderson Silva e Nick Diaz:

Anderson Silva se emociona ao vencer Nick Diaz no UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva tenta acertar o rosto de Nick Diaz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva x Nick Diaz, luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAlém de perder para Anderson Silva, o americano Nick Diaz deixou Las Vegas com o rosto bastante machucado. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva e Nick Diaz trocam golpes na luta principal do UFC 183, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAnderson Silva acerta chute em Nick Diaz em sua volta ao UFC, em Las Vegas. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesTyron Woodley comemora vitória sobre Kelvin Gastelum no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesAl Iaquinta acerta chute em Joe Lauzon no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThales Leites nocauteia Tim Boetsch no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Alves comemora vitória por nocaute sobre Jordan Mein no card principal do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesMiesha Tate venceu Sara McMann, mas teve trabalho no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro John Lineker comemora vitória por pontos sobre o americano Ian McCall no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesDerek Brunson nocauteou Ed Herman em 36 segundos no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo comemora vitória por pontos sobre o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Rafael Sapo tenta golpear o inglês Tom Watson no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesIldemar Marajó golpeia Rick Monstro em duelo brasileiro no card preliminar do UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesThiago Marreta comemora nocaute sobre Andy Enz no UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty ImagesO brasileiro Thiago Marreta (à direita) golpeia Andy Enz na luta que abriu o UFC 183. Foto: Steve Marcus/Getty Images



Leia tudo sobre: anderson silvadopingufc

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas