Publicidade
Publicidade - Super banner
Lutas
enhanced by Google

“Rei” das revanches, Frankie Edgar tenta retomar cinturão contra Ben Henderson

Em fevereiro deste ano, no primeiro UFC disputado no Japão, Henderson levou a melhor na decisão dos árbitros

iG São Paulo |

UFC
Henderson acerta chute em Edgar no UFC que conquistou o cinturão dos leves

O norte-americano Frankie Edgar é um lutador acostumado com revanches. Neste sábado, no UFC 150, em Denver, ele tenta retomar o cinturão da categoria peso leve contra o compatriota Ben Henderson. Em fevereiro deste ano, no primeiro evento do Ultimate disputado no Japão, Henderson levou a melhor na decisão dos árbitros.

Como a luta foi equilibrada e Frankie Edgar nunca negou uma revanche quando era o campeão da categoria, Dana White, presidente do UFC, não pensou duas vezes e marcou o novo encontro entre os lutadores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Chamado de Rocky Balboa do MMA por aguentar porrada e crescer nos combates quando está em desvantagem, Edgar conquistou o cinturão em abril de 2010, contra BJ Penn. Quatro meses depois, ele venceu novamente o lutador que é considerado o melhor peso leve da história do UFC.

Depois, em janeiro do ano passado, Edgar empatou com Gray Maynard. Devido ao resultado, ele enfrentou o desafiante outra vez em outubro e venceu com um belo nocaute no quarto round.

Veja também:  Ronda Rousey, musa do MMA aprova sexo antes da luta

“Frankie é um lutador muito duro. E ele luta melhor nas revanches, sempre com um plano de jogo grande para esses combates. Acho que vai ser um confronto com mais fome e mais resistência”, analisou Ben Henderson.


Para retomar o cinturão dos leves e manter a fama de “rei” das revanches, Edgar promete ser mais agressivo no combate.

E mais:  Lyoto aponta forma para bater Jon Jones e manda recado: “o Dragão voltou”

“Há mudanças que precisam ser feitas em cada luta, ganhando ou perdendo. Eu preciso encaixar socos mais precisos. O Ben nunca teve um olho roxo ou nariz quebrado em uma luta. Vou para causar danos nele”, comentou.

A princípio, o brasileiro Toquinho lutaria neste sábado contra o japonês Yushin Okami. Porém, ele sofreu uma lesão e foi substituído pelo norte-americano Buddy Roberts. Com isso, o Brasil fica sem representantes no UFC 150 – o card preliminar começa às 20h (horário de Brasília)

Card principal do UFC 150:

Ben Henderson x Frankie Edgar
Donald Cerrone x Melvin Guillard
Jake Shields x Ed Herman
Yushin Okami x Buddy Roberts
Justin Lawrence x Max Holloway

Leia tudo sobre: lutasufc

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG