Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maradona comemora adaptação em Dubai e quer renovar com o Al Wasl

"Não vim para cá simplesmente para terminar o mês, pegar o meu salário e pronto", declarou o hoje treinador

Gazeta |

Desacreditado quando saiu em baixa da seleção argentina e assinou com o desconhecido Al Wasl, dos Emirados Árabes, Diego Maradona conseguiu dar a volta por cima e comemorou sua adaptação ao país do Oriente Médio. Satisfeito com seu rendimento na equipe, o Pibe destacou sua vontade de renovar contrato com o seu atual clube e comentou sobre as oportunidades que a capital Dubai proporciona aos estrangeiros que vêm trabalhar na cidade.

AP
Maradona conversa com o presidente do Al Wasl em sua chegada aos Emirados Árabes Unidos

"Não estou apenas passando por Dubai para aqueles que não sabem, porque disseram há dois meses que eu não iria me adaptar. Mas descobrimos uma Disney para adultos aqui. Como não se divertir aqui? Isso é Dubai. Uma cidade que me deu tranquilidade, serenidade, trabalho, estabilidade. Eu estou mais perto do meu neto, minha filha pode me visitar quando ela quiser e eu posso visitar meu pai nos feriados", destacou o ídolo argentino, em entrevista ao Sport 360.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Maradona também comemorou o ambiente favorável que o clube possui para incentivar ainda mais o grupo de jogadores e a própria comissão técnica na busca por resultados positivos. O ex-jogador acredita que a direção do Al Wasl vem trabalhando duro para manter todos no elenco satisfeitos e o diferencial apresentado pelo clube em seu planejamento poderá ser decisivo para que sua renovação de contrato já seja estudada neste momento.

Veja também: Maradona se diz "perseguido" na Itália e fala em treinar o Napoli

"Eu me vejo renovando, porque acho que apesar de tudo, o meu trabalho é valorizado. É um ótimo lugar para mim e também perfeito para ficar. Não vim para cá simplesmente para terminar o mês, pegar o meu salário e pronto. Não, não é o que eu sou. Não é da minha personalidade. Eu vivo o jogo, e a partir do momento que terminei um desafio já estou pensando no próximo", completou o comandante do Al Wasl.

E ainda: Maradona diz que Pelé 'tomou remédio errado' ao comparar Neymar a Messi

À frente da equipe de Dubai, Maradona conseguiu aumentar a popularidade do time e contribuiu para que os xeques donos do time investissem cada vez mais no clube. O Pibe, inclusive, recebe inúmeros presentes por seu bom desempenho na competição nacional e a exploração de sua imagem em viagens a outros clubes da Europa contribui para que o futebol dos Emirados Árabes seja ainda mais conhecido e valorizado no Velho Continente.

Leia tudo sobre: MaradonaAl Waslfutebol mundialDubai

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG