Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Veja cinco fatores que dão vantagem ao Inter antes do Gre-Nal

Em melhor momento, time de Dorival Júnior tenta confirmar fase. Grêmio busca superação

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Alexandre Lops/AI Internacional
Rivais gaúchos se enfrentam nesta quarta-feira, valendo vaga nas semifinais do estadual
Antes da bola rolar nesta quarta-feira, a vantagem é toda do Inter. Jogando na sua casa, no Beira-Rio, o time de Dorival Júnior recebe o Grêmio, 22h, pelas quartas-de-final do primeiro turno do Gauchão.

Os momentos são totalmente opostos. Dorival Júnior completou seis meses de trabalho no Inter. Só elogios até então. Classificou o time para a Libertadores no ano passado e ainda não perdeu em 2012 quando colocou os titulares em campo. O Grêmio demitiu Caio Júnior na segunda-feira e vai com o interino Roger Machado, enquanto Vanderlei Luxemburgo só será apresentado na quinta-feira.

A tradicional frase “Gre-Nal não tem favorito” foi ouvida repetidamente durante a semana. O Inter rejeita o rótulo, o Grêmio tenta jogar a responsabilidade para o outro lado. Dentro de campo tudo será definido, mas o iG aponta alguns fatores que deixam a maior responsabilidade com o time vermelho:

1) Campanha:
A simples análise da classificação da primeira fase mostra que o Inter foi melhor. Mesmo escalando o time titular em apenas três oportunidades, o clube do Beira-Rio foi líder do seu grupo. Fez 16 pontos. O Grêmio perdeu para três times do interior e acabou com 13 pontos, em 4º lugar num grupo de oito times.

2) Sequência:
Dorival Júnior completou seis meses de trabalho no Beira-Rio. O time parece evoluir de forma constante com ele. Ano passado, conseguiu a vaga para a Libertadores no sufoco. Em 2012, conseguiu a vaga pra fase de grupos da competição sul-americana e já estreou com vitória.

O Grêmio começou o ano buscando identidade com Caio Júnior, mas pôs tudo a perder ao demitir o treinador. Terá que recomeçar do zero a partir de quinta-feira, quando Vanderlei Luxemburgo for apresentado.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

3) Campo:
O Beira-Rio é a casa do Inter e por ter feito melhor campanha o time ganhou o direito de decidir a fase eliminatória diante de sua torcida. O time titular sequer perdeu em 2012. Por outro lado, o Grêmio foi apenas discreto jogando fora do Olímpico: duas vitórias e duas derrotas no Gauchão.

4) Time:
O Inter mantém a base de time há anos. De 2011 para 2012 a escalação ganhou apenas o acréscimo de Dagoberto. O Grêmio ainda busca sua base. Do provável time, cinco jogadores chegaram em Porto Alegre nesta temporada. Alguns ainda tentam afirmação: casos de Douglas Grolli e Naldo.

Ajude a ampliar a superioridade do Grêmio no Twitter

5) Passado recente:
5 de fevereiro, fase de grupos do Gauchão, estádio Olímpico. O Grêmio, com força máxima, não passou de um empate diante do time reserva do Inter.

Ao Inter caberá confirmar em campo que seu momento é realmente melhor que o do rival. O Grêmio entrará como azarão, mas com muita chance de reverter tudo. Afinal, uma frase histórica no Rio Grande do Sul define bem o clássico: “Gre-Nal é Gre-Nal”, onde tudo pode acontecer. 

Entre para a Torcida Virtual de Inter ou Grêmio e comece o aquecimento para o Gre-Nal

Leia tudo sobre: InternacionalGrêmioGre-nal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG