Tamanho do texto

Clube está perto de contratar o lateral-direito Hiroki, que atua no Kashiwa Reysol e é comandado pelo técnico Nelsinho Batista

Hiroki Sakai vai defender o Kashiwa no Mundial
Getty Images
Hiroki Sakai vai defender o Kashiwa no Mundial
Na chegada a Nagoya, no Japão, onde o Santos realizará os treinamentos para o Mundial de Clubes da Fifa , os dirigentes do clube foram bastante questionados pela imprensa japonesa sobre a intenção de contratar o lateral-direito Hiroki Sakai, do Kashiwa Reysol. O vice-presidente Odílio Rodrigues não escondeu o interesse no jogador.

Leia mais:  Muricy chega ao Japão confiante em surpreender o Barcelona na decisão

“Assistimos a  alguns vídeos do Sakai, que se mostrou um lateral de qualidade e interessante. Uma equipe nossa que veio aqui há mais ou menos um mês também viu algumas partidas dele”, afirmou o dirigente.

O Santos voltará a conversar com os dirigentes do Kashiwa para tentar fechar o negócio. “Já houve alguns contatos (com o pessoal do Kashiwa). Agora é conversar. Vamos ver se há entendimento entre as partes também para ter um possível acerto com o lateral”, disse.

Veja ainda: Santos é recebido por torcida local ao desembarcar em Nagoya, no Japão

Muricy aprovou a contratação do japonês porque o Santos iniciará a temporada sem Danilo , lateral-direito titular da posição. O atleta foi negociado com o Porto , de Portugal, e deixará o clube após o término do Mundial de Clubes da Fifa . Muricy terá a disposição apenas Pará e Leandro Silva .

Veja a tabela do Mundial de Clubes da Fifa , que terá Santos e Barcelona

Nelsinho Baptista confirma proposta
Após a vitória do Kashiwa Reysol sobre o Auckland City , o técnico Nelsinho Batista, do time japonês, confirmou a proposta do Santos por Sakai. O treinador falou normalmente sobre o assunto, mas a assessoria de imprensa do clube japonês proibiu o atleta de falar sobre o interesse do Santos.

"Sobre o Sakai, houve uma proposta por parte do Santos, mas isto é assunto da diretoria. Prefiro não comentar sobre isso", afirmou Nelsinho, que elogiou bastante o jogador japonês.

"Como vocês puderam ver na partida de hoje, o Sakai é um jogador veloz, que apoia muito bem e também vai bem nas bolas aéreas pela sua boa estatura", completou.

O lateral não pôde responder nenhuma pergunta sobre a proposta do Santos, e apenas elogiou o futebol brasileiro, onde jogou em 2009 pelo Mogi Mirim.

“Eu joguei no Brasil há dois anos, gostei da comida, da vida de lá e do povo brasileiro. Quem sabe um dia eu volte”, disse.

Hiroki pode ser mais um reforço japonês na história do Santos . No final da década de 90, o clube contratou Sugawara e Maezono, que chegaram a pedido do técnico Émerson Leão, comandante do time à época. Além deles, os santistas tiveram o ponta-esquerda Kazu, que atuou na Vila Belmiro na década de 1980.

Hiroki Sakai em ação pelo Kashiwa Reysol, atual campeão japonês
Getty Images
Hiroki Sakai em ação pelo Kashiwa Reysol, atual campeão japonês