Associação Nacional dos Torcedores espera colher 10 mil assinaturas contra presidente da CBF

Antes da partida entre Vasco e Botafogo , neste domingo, no estádio Engenhão, a ANT (Associação Nacional dos Torcedores e Torcedoras) aproveitou a grande movimentação para recolher assinaturas contra o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira .

Os torcedores que chegavam nas imediações do estádio, na ala Norte, eram abordados pelos integrantes do movimento, que espera recolher 10 mil assinaturas. Segundo Marcos Alvito, do comitê de direção, ao atingir a marca pretendida, a ANT irá encaminhar o abaixo-assinado para a Procuradoria da República do Rio de Janeiro.

A ação foi motivada após denúncias do inglês Andrew Jenning de que Ricardo Teixeira teria sido beneficiário de um esquema de corrupção ligado a uma empresa de marketing esportivo com sede na Suíça. O presidente da CBF teria admitido a culpa e pago uma multa para evitar a divulgação do inquérito.

“Queremos que a Procuradoria investigue e receba os documentos do suposto acordo de Ricardo Teixeira com o governo da Suíça. Vamos pressionar para que as investigações aconteçam o mais rápido possível para que a posição dele no Comitê Organizador Local da Copa fique insustentável”, disse Alvito.

Até o momento, a ANT diz ter recolhido quatro mil assinaturas. O movimento está otimista em relação ao apoio popular. “Ficamos até com fila para assinar. O pessoal está interessado, consciente. É raro ver alguma das nossas pranchetas vazias, estamos sempre com alguém recolhendo assinaturas”, declarou Alvito.

O torcedor vascaíno Ricardo Masari foi um dos interessados em assinar a petição. Ele parou até para tirar foto ao lado das placas contra o presidente da CBF. "Temos que apoiar, está na hora do torcedor perceber que ele é um dos mais prejudicados com todas essas denúncias de corrupção". O clima na chegada do estádio é de tranquilidade, sem nenhum problema registrado pela polícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.