Rivais tentam confirmar que pode dar a volta por cima após início de ano de tropeços

Loco Abreu é mais uma vz aposta do Botafogo
AE
Loco Abreu é mais uma vz aposta do Botafogo
Em busca de afirmação na temporada, Botafogo e Vasco disputam o clássico da quarta rodada da Taça Rio às 18h30 deste domingo, no Engenhão. Um triunfo diante do rival pode fazer toda a diferença para as equipes. O Vasco vem fazendo boa campanha no ano, mas a perda do título da Taça Guanabara para o Fluminense e os tropeços na Copa Libertadores da América (na quarta-feira, empatou por 1 a 1 com o Libertad no Paraguai) deixaram a torcida apreensiva.

Leia também: Edital de concessão do Maracanã deve ser lançado até o meio do ano

Os botafoguenses também têm bons motivos para suspeitar do time, que vem de dois resultados negativos: empate por 1 a 1 com o Bangu pelo Estadual e novo 1 a 1 com o Treze-PB na estreia na Copa do Brasil. Na Taça Rio, apesar dos problemas, Botafogo e Vasco estão conseguindo se manter na zona de classificação para as semifinais, ambos com sete pontos conquistados. A situação na tabela é motivo de comemoração para os dois treinadores, que pedem foco apenas no encontro deste domingo.

Veja a classificação completa e os próximos válidos pela Taça Rio do Campeonato Carioca

"Estamos fazendo uma boa campanha na Taça Rio, defendendo a liderança do nosso grupo. Uma vitória neste domingo vai nos deixar em uma excelente situação em termos de chances de jogarmos as semifinais. Portanto, temos que esquecer a Libertadores por algum tempo, assim como os problemas da equipe, e trabalharmos no sentido de conquistar um grande resultado neste domingo", afirmou Cristóvão Borges, técnico do Vasco.

Eder Luis voltou e será titular contra o Botafogo
Maurício Val / Fotocom.net
Eder Luis voltou e será titular contra o Botafogo

Oswaldo de Oliveira, comandante do Botafogo, tem pensamento parecido. "Vamos em busca de uma vitória contra o Vasco, pois sabemos como é importante ganhar um clássico. O ambiente fica completamente diferente. Ganhando, conseguiremos trazer a torcida para mais perto de nós. Independentemente da Copa do Brasil, o momento é de concentração no clássico, que tem tudo para ser complicado", previu.Os jogadores do Botafogo entenderam o recado do treinador. "Essa partida é estrategicamente muito importante, pois somar pontos em clássico é um diferencial. Além disso, virou fundamental recuperar os pontos que perdemos diante do Bangu, na semana passada, em um confronto em que planejávamos a vitória. Fora isso tem o aspecto moral de podermos dar uma arrancada, pegando embalo na luta pela conquista do título", afirmou o goleiro Jéfferson.

No outro gol do Engenhão, Fernando Prass defenderá o Vasco com a mesma vontade que seu colega demonstrou. "A pontuação é sempre deixada de lado nos clássicos, pois teoricamente qualquer resultado pode acontecer. Muito se fala que é preciso ganhar das equipes de menor investimento para se classificar. Mas entendo que, se conseguirmos a vitória contra o Botafogo, vamos nos enquadrar dentro da meta que traçamos para essa fase", disse.

Os dois times também adotam a mesma postura sobre suas escalações. Prevaleceu o mistério na véspera do clássico. No Botafogo, Oswaldo de Oliveira terá os reforços do volante Marcelo Mattos, recuperado de dores na coxa direita, e do atacante Loco Abreu, que vinha treinando separado para aprimorar a forma física. Os dois serão titulares, assim como os meias Fellype Gabriel, poupado contra o Treze por conta de uma pancada na cabeça, e Andrezinho, livre de dores na coxa direita. Quem fica fora é o meia Maicosuel, ainda penando com lesão na coxa direita.

Pelo Vasco, Cristóvão deverá preservar alguns titulares que deixaram o gramado contra o Libertad reclamando de dores musculares. São os casos dos zagueiros Renato Silva e Rodolfo, do volante Nilton e do atacante Alecsandro. O meia Felipe, por conta de ser veterano e ter jogado no Paraguai, também não deverá ir a campo.

FICHA TÉCNICA - BOTAFOGO X VASCO
Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de março de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson dos Santos (ambos do RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson, Fellype Gabriel e Andrezinho; Loco Abreu Técnico: Oswaldo de Oliveira

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Douglas e Thiago Feltri; Eduardo Costa, Rômulo, Allan e Juninho Pernambucano; Diego Souza e Eder Luis Técnico: Cristóvão Borges

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude a superar os rivais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.