Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Amigo de Balotelli conta que não encontrou sua cama no quarto

Jogador português conviveu com o italiano na Inter de Milão e disse que o atacante precisa controlar suas emoções

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Entra ano, sai ano, e o atacante Mario Balotelli continua sendo assunto na imprensa europeia. Desta vez, porém, o italiano ganhou destaque por conta das suas peripécias do passado. O meio-campista português José Coelho, do Benfica , que atuou com Balotelli e foi colega de quarto do atleta nos juvenis da Inter de Milão , contou que a convicência era difícil naquela época - 2006/2007.

E MAIS: "Se fosse meu filho, daria  um chute em seu traseiro", diz Mancini sobre Balotelli

Getty Images
Balotelli, atacante do Manchester City
"Uma vez voltei para Portugal e, quando retornei à Itália, encontrei o nosso quarto de cabeça para baixo, não sabia, sequer, onde estava a minha cama", disse Coelho ao diário britânico "Sunday People". Atualmente, o português está emprestado ao Atlético de Portugal, enquanto Balotelli joga no Manchester City .

Coelho ainda opinou sobre a comportamento do atacante italiano e avisou que desde quando atuaram juntos na Inter, a vida de Balotelli já era complicada. "Mario teve uma vida difícil, se não fosse pelo carinho dos seus pais adotivos, certamente teria se perdido. As pessoas riem quando leem sobre Balotelli nos jornais, mas ele é mais esperto do que isso", disse.

LEIA TAMBÉM:  Técnico espera que Balotelli dê fim às polêmicas em 2012

O meia português também comentou as atitudes de Balotelli dentro de campo e exaltou o potencial do amigo. "Mario era um jovem muito confiante, acreditava no seu potencial. Se estivesse num dia mau, porém, era melhor nem falar com ele. Havia jogos em que a bola passava perto e ele nem se mexia. Se controlasse mais as suas emoções, seria um dos melhores jogadores do mundo", finalizou Coelho.

Balotelli tem uma grande lista de confusões na carreira, apesar de curta. No Manchester City, clube em que está há cerca de um ano e meio, o jogador causou um incêndio em sua própria casa após atirar fogos de artifício pela janela de um banheiro, brincou de atirar dardos em jogadores das categorias de base, foi multado por excesso de velocidade e, recentemente, brigou com o lateral direito Micah Richards em um treinamento da equipe.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG