Meia brasileiro pode ser visto em muito outdoors pela cidade da Flórida. Equipe estreia este ano na Major League Soccer

Não é de hoje que o futebol nos Estados Unidos está em ascensão. Nos últimos anos, o "soccer", como é chamado por lá, ganhou bastante popularidade e já figura entre os principais esportes do país, ainda atrás de ligas mais tradicionais, como a NFL (futebol americano) e a NBA (basquete), mas conseguindo bater de frente com a NHL (hóquei) e a MLB (beisebol).

Capitão, Kaká marca em seu primeiro jogo pelo Orlando City. Assista ao gol

E esse crescimento vem tomando conta, especialmente, da cidade de Orlando, na Flórida, muito em função do Orlando City Soccer Club, clube que fará sua estreia na MLS (Major League Soccer) a partir deste ano de 2015 - antes, o time participava da USL Pro, uma liga profissional de menor expressão nos EUA.

Para conquistar torcedores, fãs e adeptos em uma cidade que sempre respirou basquete, já que o Orlando Magic é uma das principais e mais famosas franquias da NBA, a diretoria do Orlando City resolveu apostar na contratação do meio-campista brasileiro Kaká, ex-São Paulo, Milan e Real Madrid.

Kaká toma conta de Orlando. Veja as fotos:

Na sua apresentação durante a disputa da Copa do Mundo de 2014, no mês de julho, quase 12 mil pessoas deram as boas vindas ao jogador na Wall Street Plaza, no centro de Orlando. E mais do que isso. O "efeito Kaká" pode ser amplamente notado pelas rua da cidade, já que seu rosto está estampado por todos os cantos, seja em outdoors, panfletos e fachadas de lojas esportivas.

A chegada de Kaká fez com que o futebol pudesse dividir espaço com NBA e NFL nos principais shoppings e outlets de Orlando. E, claro, sempre com o brasileiro sendo o garoto-propaganda. Em outras palavras, o atleta está tomando conta da cidade, que é visitada por brasileiros durante o ano todo.

Kaká já é Referência

Kaká toma conta de Orlando
Reprodução
Kaká toma conta de Orlando

Mesmo sem ter estreado de forma oficial pelo Orlando City, Kaká já é considerado um dos principais ícones do futebol nos Estados Unidos. Sua presença em terras norte-americanas pode ser comparada com a passagem de Pelé pelo país, na década de 70. 

Antes de Pelé chegar ao New York Cosmos, os jogos de futebol só tinha cobertura de poucos jornalistas novatos, muitas vezes como uma espécie de castigo. Depois que o ex-santista entrou em campo, mais de 300 jornalistas passaram a acompanhar o "soccer" mais de perto. 

Mais recentemente, esse papel ficou a cargo do francês Thierry Henry e do inglês David Beckham, também responsáveis pelo sucesso atual do futebol norte-americano. Por falar neles, ambos foram ultrapassados por Kaká no quesito salário, já que o brasileiro será o jogador mais bem pago na história da MLS, com vencimentos de 7,1 milhões de dólares na próxima temporada (R$ 17,6 milhões de reais), cerca de 700 mil dólares a mais que Beckham em sua primeira temporada no Los Angeles Galaxy, em 2007. 

Casa cheia

O Orlando City anunciou recentemente que as vendas de ingressos para a temporada de estreia do clube MLS já atingiu 11 mil boletos . Ou seja, antes mesmo da temporada começar - ela se inicia no próximo dia 6 de março -, os "Lions" já venderam 220 mil ingressos para 2015 (cada boleto de temporada dá direito a 20 jogos).

Torcedores do Orlando City
Divulgação
Torcedores do Orlando City

Os jogos da equipe serão disputados no Orlando Citrus Bowl e, com um mês de antecipação para o início da temporada, já existem áreas do estádio esgotadas, assim como os assentos de luxo da sessão Club - semelhante aos camarotes vendidos no Brasil. O Orlando City estreia na MLS contra o New York City FC, no domingo, dia 8 de março.

"A velocidade nas vendas mostra o crescimento da demanda dos nossos torcedores apaixonados, à medida que o jogo de estreia se aproxima", disse o presidente do Orlando City, Phil Rawlins. "Alcançar esse número com tanta antecedência do início da temporada reforça o porquê Orlando é a Capital do Futebol do sul dos EUA. Faremos história nessa cidade", finalizou.

Para a temporada 2016, o clube terá casa nova, já que um estádio para 20 mil pessoas está sendo construído na região central da cidade, local cercado por diversas opções de entretenimento, como bares, restaurantes e casas noturnas. Ao mesmo tempo, fica a poucos minutos dos principais parques temáticos (Universal, Disney World, Sea World) e região hoteleira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.