Apesar da derrota no clássico, Cruzeiro mantém diferença de 7 pontos para o São Paulo, 2° colocado, que também perdeu

Carlos comemora seu primeiro gol com o atacante Diego Tardelli
Yuri Edmundo/Gazeta Press
Carlos comemora seu primeiro gol com o atacante Diego Tardelli

Em clássico movimentado dentro e fora dos gramados, o Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 3 a 2 na tarde deste domingo, no Mineirão, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro . Os atleticanos saíram na frente e anotaram dois gols em dois minutos no fim do primeiro tempo. Mas, nos acréscimos, Ricardo Goulart descontou. O empate veio com Alisson aos seis minutos da etapa complementar. Nos minutos finais, Carlos recebeu cruzamento de Donizete e cabeceou para o fundo das redes.

Com o resultado, o líder absoluto freou na ponta da tabela, com 49 pontos. Mas como o Corinthians bateu o São Paulo na tarde deste domingo, a diferença de pontos entre o primeiro e o segundo colocados segue sete pontos. O Galo chega a 37 pontos e encosta no G-4, ficando a apenas três pontos do Timão, quarto colocado.

O jogo

O primeiro tempo foi muito agitado no Mineirão, tanto nos gramados quanto nas arquibancadas. As duas equipes começaram buscando o ataque com muita movimentação. O primeiro lance de perigo veio logo aos dois minutos, do lado do Cruzeiro. Alisson recebeu de direita, dominou e mandou uma bomba, mas a bola explodiu no travessão.

Aos 19, em cruzamento de Éverton Ribeiro, Dedé se adiantou e cabeceou, mas Victor salvou o Galo com a ponta das luvas. Aos 33, outra grande defesa do goleiro atleticano após chute de Ribeiro. Mas depois de duas grandes chances da Raposa, foi o Galo quem balançou as redes. Aos 38 minutos, Emerson Conceição fez o cruzamento pela esquerda. Luan ganhou de cabeça, e em posição duvidosa, Carlos aproveitou a sobra e mandou para o fundo das redes.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro nem teve tempo de se recuperar. No minuto seguinte, Dátolo puxou um contra-ataque mortal pela direita, encontrou Diego Tardelli atrás da zaga celeste e o atacante completou para o gol. 2 a 0 para os visitantes.

Na comemoração, a torcida alvinegra soltou bombas e acendeu sinalizadores nas arquibancadas, obrigando o árbitro Marcelo de Lima Henrique a paralisar o jogo e conversar com o capitão Leonardo Silva. O técnico Levir Culpi se irritou e pediu para a torcida amenizar.

Veja fotos da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Aos 45 minutos, a Raposa teve chance de descontar com Ricardo Goulart. Ele recebeu cruzamento de Henrique pela direita e finalizou, mas pegou mal na bola e mandou para fora. Nos acréscimos, Goulart não desperdiçou a chance. Éverton Ribeiro fez grande jogada individual pela esquerda, o goleiro Victor se adiantou e Ricardo Goulart ficou sozinho na cara do gol e mandou para as redes. 2 a 1 para os visitantes.

O gol de empate do Cruzeiro veio no início da etapa complementar. Aos seis minutos, Marcelo Moreno escorou o cruzamento de cabeça e a bola ficou com Alisson, que emendou um voleio e fez um golaço, deixando tudo igual em Belo Horizonte. Dois minutos depois, Luan perdeu a chance de anotar mais um para o Galo. Diego Tardelli arrancou pela esquerda e cruzou para Luan cabecear, mas ele mandou por cima do gol.

Os clubes seguiram buscando o ataque. Aos 17, o Cruzeiro teve chance de virar com Goulart. Ele chegou a linha de fundo e tocou para Alisson. Ele bateu de primeira e a bola explodiu na trave. Aos 25, foi a vez do Atlético. Marcos Rocha cruzou da direita, a bola foi rasteira e passou por todo mundo. Dedé apareceu e afastou o perigo. Pouco depois, Goulart teve outra oportunidade ao roubar a bola na intermediária e tocar para Éverton Ribeiro. Ele completou o passe para Marcelo Moreno finalizar de cabeça, mas ele desperdiçou e mandou para fora.

O gol da vitória do Galo veio nos minutos finais da etapa complementar. Leandro Donizete cruzou da direita, Carlos apareceu na segunda trave e completou de cabeça, marcando o gol do triunfo e o segundo dele no clássico.

O próximo compromisso do celeste na Série A será diante do Coritiba, na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Couto Pereira. O alvinegro recebe o Santos no Independência na quinta-feira, às 20h30, pela 24ª rodada da competição.

FICHA TÉCNICA: CRUZEIRO 2 x 3 ATLÉTICO-MG

Local : Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) 
Data: 21 de setembro de 2014, domingo 
Horário: 16h (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ) 
Assistentes: Rodrigo F. Henrique Correa - RJ (ESP-1/RJ) e Rodrigo Pereira Joia (Fifa/RJ) 
Público: 51.069 pagantes 
Cartões amarelos: Leandro Donizete e Diego Tardelli (Atlético-MG) 
Gols: CRUZEIRO: Ricardo Goulart aos 46 minutos do primeiro tempo; Alisson aos 6 minutos do segundo tempo; ATLÉTICO-MG: Carlos, aos 38 minutos do primeiro tempo e aos 45 do segundo tempo; Diego Tardelli aos 40 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Éverton Ribeiro; Ricardo Goulart (Willian) e Alisson (Dagoberto); Marcelo Moreno (Borges) 
Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição (Douglas Santos); Leandro Donizete, Dátolo, Diego Tardelli e Guilherme (Eduardo); Carlos e Luan (Josué) 
Técnico: Levir Culpi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.