Vitória contra time chileno no Maracanã carimba passaporte do clube carioca às oitavas de final da Libertadores

Botafogo se classifica em caso de vitória no Maracanã
Buda Mendes/Getty Images
Botafogo se classifica em caso de vitória no Maracanã

Em meio à crise por atrasos no salário dos jogadores, o Botafogo entra em campo às 19h45 (de Brasília) desta quarta-feira para encarar o Unión Española (do Chile) no Maracanã, pela penúltima rodada do grupo 2 da Libertadores. Além de amenizar os problemas extracampo, uma vitória garante a classificação às oitavas de final da competição continental.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Libertadores

Com sete pontos, o Botafogo lidera a chave. O perseguidor mais próximo é justamente o time chileno, que tem seis pontos. Além de alegrar a torcida, chegar às oitavas de final é sinônimo de mais receitas ao clube. 

"Precisamos fazer a lição de casa. O que vai nos garantir na próxima etapa é uma vitória dentro do Maracanã. Apesar do respeito ao adversário, estamos contando com esse resultado", disse o técnico da equipe, Eduardo Húngaro.

O discurso do comandante é parecido com o dos jogadores que, mesmo chateados com a diretoria, prometem muito empenho dentro das quatro linhas para saírem classificados.

"Podem ter certeza de que daremos nosso sangue dentro de campo. Estamos vindo de bons jogos em casa e faremos de tudo para repetirmos esse desempenho contra o Unión Española. Somos profissionais, temos uma história dentro do clube e ninguém vai relaxar por causa de problemas internos", garantiu o beque Bolívar.

Húngaro terá alguns desfalques importantes. O volante Gabriel e o atacante argentino Ferreyra cumprirão suspensão automática, graças a três cartões amarelos para cada um. Dessa forma, Mário Bolatti ganha a vaga no meio-campo e Henrique será o companheiro de Wallyson no ataque. Lucas segue na lateral.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X UNIÓN ESPAÑOLA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data : 2 de abril de 2014 (Quarta-feira)
Horário: 19h45(de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinosa (Uruguai) e Nicolas Taran (Uruguai)

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Dória, Bolívar e Julio César; Marcelo Mattos, Mario Bolatti, Jorge Wagner e Nicolás Lodeiro; Wallyson e Henrique
Técnico: Eduardo Húngaro

UNIÓN ESPAÑOLA: Diego Sánchez, Dagoberto Currimilla, Jorge Ampuero, Matías Navarrete e Nicolás Berardo; Lorenzo Faravelli, Luis Pavez, Cristian Chávez e Gustavo Canales; Matías Campos Toro e Sebastián Jaime
Técnico: José Luis Sierra

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.