Vencimentos de astro inglês será doado a instituições de caridade até o fim de seu contrato, válido até 30 de junho

Beckham foi apresentado no PSG nesta quinta-feira, última dia da janela de transferências na Europa
Getty Images
Beckham foi apresentado no PSG nesta quinta-feira, última dia da janela de transferências na Europa

O inglês David Beckham, de 37 anos, foi apresentado nesta quinta-feira como novo jogador do Paris Saint Germain. Seu contrato com o clube francês é de cinco meses, até o final da temporada europeia, e neste período, todo o salário que receberá do clube será doado a uma instituição de caridade da capital francesa.

“Não receberei nenhum salário. Decidimos que meu salário irá para um trabalho de caridade com crianças em Paris. É uma das coisas que me deixa mais animado e orgulhoso de fazer", disse Beckham durante sua apresentação. Ele vestirá a camisa 32 do time de Lucas e Ibrahimovic.

Sem contrato desde dezembro de 2012, quando deixou o Los Angeles Galaxy, Beckham treinou nas últimas semanas no Arsenal para manter a forma física. 

“Todos os times em que passei, fui bem sucedido. Mas sempre disse que não jogaria por outra equipe na Inglaterra que não fosse o Manchester United", disse o inglês, revelado pelo atual líder da Premier League. Além do Galaxy e do time de Alex Ferguson, Beckham defendeu o Real Madrid e o Milan, onde trabalhou com Carlo Ancelotti, atual técnico do PSG. 

"Creio que posso fazer muito, estou em forma e já tive o prazer de jogar nos melhores clubes, entre os melhores jogadores. Inclusive já trabalhei com Ancelotti em meu tempo no Milan, posso atestar que ele é um dos melhores treinadores com qual tive a oportunidade de conviver. Estou 150% comprometido e espero ajudar o grupo da melhor forma possível”, comentou.

David Beckham, Nasser Al-Khelaifi (presidente do PSG) e Leonardo, diretor do clube francês, em conferência de imprensa
Getty Images
David Beckham, Nasser Al-Khelaifi (presidente do PSG) e Leonardo, diretor do clube francês, em conferência de imprensa



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.