Coritiba lamenta vacilo e cobra vitória para se afastar da zona da degola

O volante William reclamou da postura do time após sair na frente no placar e ficar com uma mais em campo

Gazeta |

O Coritiba vencia o São Paulo até os 39 minutos do segundo tempo neste domingo, com um jogador a mais, em pleno Couto Pereira, mas permitiu o empate que complicou a vida do time na classificação do Campeonato Brasileiro. Na 16ª colocação, o Coritiba está apenas dois pontos à frente do Sport, que perdeu na rodada, o que não deixou o domingo tão ruim como poderia ser.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O volante William reclamou da postura do time após sair na frente no placar e ficar com uma mais em campo. Em sua opinião, era hora de pressionar para garantir uma boa vitória e se afastar da zona de rebaixamento, que se aproxima mais a cada rodada. "Não dá para administrar. Temos que ganhar, temos que vencer para sair dessa situação", afirmou.


O jogo foi marcado por muita reclamação sobre a arbitragem de Péricles Bassols Pegado Cortez. O jogador coxa-branca evitou críticas mais contundentes, mas acredita que o segundo gol do Tricolor foi irregular, com impedimento não marcado de Osvaldo. "Não cabe a mim isso. Não vai voltar atrás. Mas o sentimento é de indignação", contou.

Leia mais:  No sufoco, São Paulo arranca empate contra o Coritiba

Autor do gol alviverde, em cobrança de pênalti, Everton Ribeiro acredita que o time deu muita liberdade a Lucas e agora terá que recuperar os pontos perdidos nas próximas rodadas. "Ele é diferenciado, não está na Seleção Brasileira à toa. Não podemos vacilar. Infelizmente não saímos com a vitória. Agora temos que buscar os pontos necessários para sair dessa situação difícil", concluiu.

Leia tudo sobre: coritibabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG