Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Por sucesso no Mundial, Tite volta a pedir concentração total no Brasileiro

Técnico corintiano diz que é importante a equipe manter a intensidade da Libertadores para ter boas chances no Japão

iG São Paulo |

A 19 pontos da liderança no Brasileirão , o Corinthians tenta não falar em defender o título obtido no ano passado. Após a conquista da Copa Libertadores, não é segredo para ninguém que o grande alvo nesta temporada da equipe, 12ª colocada no torneio doméstico, é a disputa do Mundial de Clubes, a ser realizado em dezembro, no Japão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Tite durante o treino de sexta-feira no CT corintiano

Antes dele, porém, o Timão tem mais 18 rodadas a jogar na Série A. Mesmo com o foco distante, o clube paulista, que está sem vencer no Nacional há três partidas - são duas derrotas e um empate - precisa colocar seu pensamento na recuperação no atual campeonato para, consequentemente, ir bem no Mundial.

Leia mais: Mesmo com massacre sofrido pelo Chelsea, Tite evita euforia no Corinthians

"É um grande desafio, manter a intensidade não só física, mas mental. A velocidade de reação, a percepção, antecipação dos lances, tudo isso está ligado à cabeça. Os jogadores do Corinthians são inteligentes e bem-dotados neste quesito. A capacidade de concentração é sempre muito alta", disse o treinador alvinegro.

Veja ainda: Cansaço corintiano faz Tite pensar em poupar jogadores deste domingo

"Eu sempre peço para manter o nível, pois é a melhor forma para se pensar no jogo de domingo, de quarta e consequentemente no Mundial, na hipotética partida contra o Chelsea (os dois times poderão se enfrentar em uma possível decisão do torneio). Isso monta uma equipe sólida. Nesse momento, é preciso entender que esse processo é importante para chegar forte na frente", acrescentou. Por conta da conquista do torneio de mata-mata, que Tite diz ter margem de erro mínima, caso sonhe com o título, o clube acabou deixando o Brasileiro em segundo plano. 

Confira ainda: Corinthians não considera Atlético-MG invencível, mas planeja parar Ronaldinho

Além disso, a sequência tem sido desgastante, o que faz o treinador pensar em poupar o elenco nas próximas rodadas. Ainda com a força máxima diante do Galo, Tite espera ver de seu time, que sonha 'tumultuar' e ser o 'fiel da balança' no torneio, o mesmo padrão apresentado na primeira etapa do empate com o Fluminense, no Engenhão.

"Temos a chance de repetir um padrão daquele primeiro tempo, já que no segundo o Fluminense nos empurrou, até por nosso cansaço e isso tirou nossa forma. Vamos retomar com uma confiança um pouco melhor. Contra o Atlético-MG temos que ter uma marcação muito forte, pois é uma equipe que consegue arriscar e tem qualidade para jogar dentro e fora de casa", completou o treinador, que em relação ao time que jogou com o Fluminense deve ter apenas Paulo André como novidade entre os titulares.

Leia tudo sobre: corinthianstitemundial de clubeschelseafutebolbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG