Meia lesionou-se na partida contra o Fluminense e não deve enfrentar o Grêmio no Morumbi

Jadson será desfalque para Ney Franco
Vipcomm
Jadson será desfalque para Ney Franco

Dificilmente Jadson não será confirmado como o nono desfalque do São Paulo para enfrentar o Grêmio neste domingo, no Morumbi. O meia desembarcou com a delegação no aeroporto de Congonhas nesta sexta-feira, na capital paulista, mancando devido às dores no joelho direito decorrentes de pancada na derrota para o Fluminense .

Mesmo com venda milionária de Lucas, São Paulo não fala em reforços

"Tive uma dividida com o Edinho, fui com o lado do pé no lance e senti o joelho. Está bastante inchado. Vou fazer os exames para saber o que aconteceu", relatou o camisa 10, que tem sua escalação considerada improvável, já que terá somente dois dias para se tratar e ter aval médico para estar em campo.

Ceni diz que seu erro é "conjunto" e diz que houve apagão no início do 2º tempo

O jogador tenta demonstrar esperança, mas só será escalado se estiver próximo de sua plenitude física. "Não sei se vou ter condição de jogar. Se estiver bem, claro que vou para o jogo. Hoje (sexta-feira) está bem dolorido, mas vamos iniciar o tratamento para ver se melhora."

Se Jadson é dúvida, outros oito já são ausências confirmadas: Rafael Toloi, suspenso, Lucas e Bruno Uvini, que disputam as Olimpíadas, e Cañete, Fabrício, Wellington, Osvaldo e Luis Fabiano, todos machucados e sem condições de estarem recuperados a tempo de atuar no jogo que pode realçar o São Paulo entre os quatro primeiros colocados do Brasileiro.

Se optar por manter os três zagueiros, Ney Franco pode escalar Edson Silva e, sem Jadson, apostar em Paulo Assunção na marcação, adiantando Denilson e ficando entre Maicon e Cícero para a armação. No ataque, Willian José pode retornar ao lado de Ademilson caso o técnico desista de improvisar o meio-campista Cícero na frente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.