Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após derrota na Sul-americana, Botafogo tenta reação diante Atlético-GO

Time terá o retorno de Seedorf, poupado na derrota contra o Palmeiras. Atlético terá três desfalques

Gazeta |

Derrotado pelo Palmeiras por 2 a 0 no meio de semana, e agora em situação delicada na Copa Sul-americana, o Botafogo busca a reação mudando de competição. Neste sábado, o time de General Severiano visita o Atlético-GO, às 18h30(de Brasília), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 20 pontos conquistados, o Botafogo busca a vitória que lhe fará encostar no pelotão de frente e afastará um princípio de crise. O Atlético-GO, porém, também precisa muito do triunfo, pois tem nove pontos e amarga a permanência na zona de rebaixamento. O time também atuou pela Copa Sul-americana na quarta-feira, empatando por 1 a 1 com o Figueirense.

Leia mais: Lucas sente dores musculares, não treina e pode desfalcar Botafogo

Focar em outra competição realmente é a melhor estratégia para conquistar a vitória e esquecer um mau resultado. Pelo menos essa é a opinião do técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, que garante que sua equipe vai conseguir reagir.

Veja mais: Por empréstimo, Botafogo anuncia contratação do volante Amaral

"Nós estamos focados nesta partida contra o Atlético-GO, pois o Campeonato Brasileiro é muito importante. A Copa Sul-americana faz parte do passado e só voltaremos a nos preocupar com ela no dia 22 de agosto. Temos uma partida complicada neste sábado, fora de casa e ela exigirá muito de nós", disse Oswaldo.

AE
Seedorf comanda o time contra o Figueirense

Quando fala em jogo complicado, é porque Oswaldo de Oliveira está minimizando a situação dos goianos na tabela de classificação. Para ele, o fato de o Dragão estar na zona de rebaixamento não trará facilidades ao Botafogo.

Veja também: Seedorf treina e deve voltar ao Botafogo contra o Atlético-GO

"O Atlético teve atuações em que mereceu ganhar seus jogos no Campeonato Brasileiro e saiu derrotado. Isso por si só serviria para eu menosprezar a situação deles na tabela de classificação. Além disso, o time deles vem evoluindo muito nas últimas rodadas e cresce quando joga em casa. Teremos muitas dificuldades, mas podemos ganhar", disse Oswaldo.

Os jogadores do Botafogo, porém, acreditam que a situação do Atlético deve ser esquecida. Eles entendem que o Glorioso precisa se impor mesmo longe do Rio de Janeiro. "Precisamos da vitória e não devemos nos preocupar com a maneira com que nosso adversário vai jogar. Temos que nos impor desde os primeiros momentos e buscar os três pontos", afirmou o lateral esquerdo Márcio Azevedo.

E ainda: Jefferson pede mais competitividade aos companheiros de Botafogo

Para este compromisso, o Botafogo não terá o meia Vítor Júnior, suspenso por ter sido expulso na vitória de 1 a 0 sobre o Figueirense, na rodada passada. Assim, o holandês Clarence Seedorf, que foi preservado no meio de semana, retorna ao meio-campo.

Futura Press
Jairo Araújo, interino do Atlético-GO

Pelo lado do Atlético-GO, o técnico Jairo Araújo aposta na evolução de sua equipe para acreditar na possibilidade de derrotar o Botafogo e começar a se distanciar da zona de rebaixamento. "Precisamos muito desta vitória. Mesmo respeitando demais o Botafogo, vamos procurar nos impor dentro de casa. Aos poucos o time está se acertando dentro do Brasileiro e esta evolução me deixa otimista. Estamos muito concentrados em ganhar esta partida", analisou Jairo.

Jairo não poderá contar com o zagueiro Gabriel e o volante Marino, ambos advertidos com o terceiro cartão amarelo no empate sem gols contra o Sport e que terão que cumprir suspensão. A zaga se tornou uma preocupação, pois Reniê, com lesão na coxa direita, foi vetado. Assim, o setor contará com Gustavo e Gilson. Para o meio-campo o escolhido será Dodô.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X BOTAFOGO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 4 de agosto de 2012 (Sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Clóvis Amaral da Silva (PE)

ATLÉTICO-GO: Márcio, Marcos, Gilson, Gustavo e Eron; Dodô, Ernandes, Joilson e Wesley; Ricardo Bueno e Patric
Técnico: Jairo Araújo

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato, Seedorf, Fellype Gabriel e Andrezinho; Elkeson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG