Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente italiano abre as portas para Kaká voltar ao Milan

Meia-atacante brasileiro está fora dos planos no Real Madrid, onde sequer jogou amistoso

iG São Paulo |

Getty Images
Kaká poderia voltar ao Milan

O meia Kaká, de grande passagem pelo Milan entre 2003 e 2009, poderia voltar ao clube italiano. O vice-presidente do Milan Adriano Galliani abriu as portas do clube. Em meio às especulações de que ele estaria deixando o Real Madrid, o dirigente teria mantido conversações informais com o empresário do brasileiro. E, quanto questionado sobre o possível retorno, Galliani afirmou que "certos amores nunca morrem, apenas saem para um longa jornada e depois retornam".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na segunda-feira, o técnico José Mourinho teria avisado que contaria com Kaká apenas para ser um reserva de luxo. Fez ainda uma sugestão: que ele fosse atuar no futebol norte-americano. Um dia depois, o brasileiro sequer foi relacionado para o amistoso do Real Madrid contra o Real Oviedo.

Leia: Ex-lateral do Fluminense acerta com o Real Madrid

O Milan, por sua vez, negociou com o Paris Saint-Germain duas de suas principais estrelas, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Ibrahimovic, e teria dinheiro em caixa para trazer de volta o brasileiro. Em sua passagem, Kaká comandou a equipe na conquista da Liga dos Campeões da Europa e foi eleito o melhor jogador do mundo.

Veja notícias do futebol internacional

Em 2009, Kaká foi vendido ao Real Madrid por 65 milhões de euros (R$ 162milhões), mas não conseguiu repetir as boas atuações e se tornou coadjuvante no time espanhol.

Leia tudo sobre: FutebolMilankakámercado da bolareal madrid

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG