Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Por aparecer com Pepsi, Ronaldinho Gaúcho perde contrato com Coca

Meia do Atlético-MG teria sido "dispensado" por se apresentar ao clube mineiro ao lado de latas da Pepsi

Gazeta |

Depois de sair do Flamengo em meio a um imbróglio judicial e chegar ao Atlético-MG, Ronaldinho Gaúcho teve seu contrato com a Coca-Cola rescindido na sequência. O motivo alegado pela empresa foi o fato de que o meia apareceu ao lado de latas da Pepsi - concorrente da Coca - na apresentação ao clube mineiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Ronaldinho Gaúcho perdeu contrato milionário com a Coca

O anúncio da rescisão foi feito pela famosa marca de refrigerante em curta nota oficial: "A Coca-Cola Brasil reconhece a trajetória e o valor do jogador Ronaldinho Gaúcho. No entanto, tendo em vista a significativa alteração das condições sob as quais foi selada a parceria, a continuidade da relação tornou-se inviável", escreveu.

Leia mais: Gaúcho luta contra estigma dos medalhões sem títulos no Atlético

Assinado no final do ano passado, o acordo com a Coca-Cola valia R$ 1,5 milhão por ano ao jogador e duraria até 2014. A fabricante de refrigerantes, no entanto, ainda não havia usado a imagem do atleta. Não havia previsão de multa pela rescisão contratual. Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, não foi encontrado para comentar o assunto.

Relembre a carreira de Ronaldinho Gaúcho em fotos:


Leia tudo sobre: ronaldinho gaúchoflamengofutebolatlético-mgassiscoca-cola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG