Marcelo Veiga, treinador do Bragantino, diz que atacante sempre demonstrou que brilharia num grande clube

Romarinho marcou o gol do empate corintiano contra o Boca
AP
Romarinho marcou o gol do empate corintiano contra o Boca

Eleito revelação do último Campeonato Paulista pelo Bragantino, o atacante Romarinho despertou logo após o término do torneio o interesse de grandes clubes do Estado. O Corinthians venceu a concorrência e contratou o jogador de 21 anos, novo xodó da torcida depois de marcar três gols em dois jogos (dois contra o Palmeiras, domingo, e o último, c ontra o Boca Juniors, na final da Libertadores ).

Romarinho comemora gol no primeiro toque na bola: “Brilhou minha estrela”

Para Marcelo Veiga, treinador do clube de Bragança Paulista e responsável por sua contratação, Romarinho faz apenas o que sempre se esperou dele. 

Autor do gol, Romarinho recebe elogios de Tite: “Ele é inteligente”

"É um jogador diferenciado, que se destaca pelo lance rápido e que iria acabar aparecendo jogando mais pela qualidade do grupo que joga com ele. Pra marcar dois gols contra o Palmeiras e depois contra o Boca sem sentir pressão o jogador tem que ser diferenciado. E ele sempre foi assim", disse Veiga, à Rádio Estadão/ESPN.

Natural de Palestina, cidade no interior de São Paulo distante 500km da capital, Romarinho começou sua carreira profissional no Rio Branco, de Americana, em 2009. Jogou lá até 2010 e depois foi negociado com o Desportivo Brasil, de Porto Feliz, time gerenciado pela Traffic. Foi emprestado em 2011 ao São Bernardo, mas não se destacou. Fez apenas seis jogos e não marcou nenhum gol. No final do Paulistão, com o time do ABC rebaixado, foi para o Bragantino disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

Dez das 15 finais iniciadas com empate tiveram o mandante campeão na volta

"Vi o O Romarinho jogar pela primeira vez num jogo entre Rio Branco e União Barbarense na série A2 de 2009. Quem trabalha em time do interior tem que garimpar. Gostei Romarinho, tentei levá-lo ao Bragantino, mas foi para o São Bernardo que lhe ofereceu um salário maior. Depois ficou parado, veio a oportunidade de jogar aqui no Bragantino. Fico muito feliz pelo trabalho que foi feito", disse Veiga. No Paulistão deste ano, Romarinho jogou 23 jogos e marcou seis gols.

O atacante chegou a iniciar a campanha da série B com o Bragantino, mas depois de indicação de Mauro da Silva, olheiro do Corinthians, o clube do Parque São Jorge o contratou e assinou no final de mao um contrato de quatro anos até 2016. Pelo acordo, em caso de uma negociação, o Corinthians ficará com 40% dos direitos do atacante. O Bragantino ficará com 10% e os outros 50% ao empresário Carlos Leite.

Em menos de um mês no Corinthians, Romarinho já cravou seu nome no coração do torcedor corintiano. "Eu tenho a cara do Corinthians", disse Romarinho após o empate contra o Boca na Bombonera.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.