iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 10:56

Goleiro do Avaí comemora gol. Mauro culpa vento.
A vitória por 3 a 1 do Avaí sobre o Paraná na Ressacada ficou marcada por um lance inusitado. Da própria meta, o goleiro Eduardo Martini deu um chutão para repor a bola em jogo, mas acabou abrindo o placar, aos 12 minutos do primeiro tempo.

Gazeta Esportiva

A bola viajou o campo inteiro, quicou no gramado e encobriu Mauro, que estreava na meta paranista.

Após o jogo, obviamente, os dois protagonistas da jogada apresentaram reações diferentes. Eufórico, o arqueiro avaiano admitiu que marcou o gol sem querer e comemorou a nova sensação. “É muito legal fazer um gol, agora sei como é que é. Chutei forte, tive a ajuda do quique da bola e do campo molhado e acabei marcando”, relatou Eduardo Martini.

Enquanto o dono da meta do time catarinense comemorava, Mauro tentava encontrar explicações para o lance. “O vento estava forte. Mas a vida continua”, conformou-se o novo goleiro paranista, campeão brasileiro em 2004 com o Santos. ''É difícil encontrar explicação para um gol assim. A única coisa e continuar trabalhando'', completou.

Com a ajuda do gol de goleiro, o Avaí fez 3 a 1 e retomou a vice-liderança da Segundona, com 38 pontos, um a menos que o Corinthians, que só entra em campo neste sábado, contra o CRB, em Maceió. Já o Paraná somou a sua sétima derrota consecutiva e fecha mais uma rodada na zona da degola.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo